ZTOP+ZUMO 10 anos!

O que é e como funciona o serviço de armazenamento na nuvem do Positivo Motion?

A oferta de armazenamento on-line do “Positivo Nuvem” sinaliza a entrada do pessoal de Curitiba no mercado de Cloud Computing? (Naah…)

Noticiamos recentemente o lançamento do Positivo Motion AQ232, um notebook leve, compacto e relativamente acessível (~R$ 1.079) mais voltado para o consumo de conteúdo digital do que a geração do mesmo, diga-se de passagem.

Isso porque ele vem com apenas 32 GB de armazenamento interno (memória flash eMMC?) sendo que — pela nossa experiência com equipamentos semelhantes — ele não deve ter mais do que 8 GB livres para armazenar arquivos e programas do usuário, já que boa parte dela é consumida pelo Windows 10 e outros programas pré-instalados.

E cá entre nós, 8 GB de armazenamento é algo que só vemos hoje em smartphones beeem de entrada né?

Para contornar essa limitação, a empresa divulgou para a imprensa que ela está oferecendo mais 64 GB de armazenamento na nuvem de graça por meio de um serviço batizado de Positivo Nuvem que não deixa de ser uma oferta interessante se comparado com o que outras empresas oferecem (de graça, é claro!) como a Microsoft (5 GB) e o Goggle (15 GB).

Porém, o pessoal de Curitiba foi meio vago na hora de explicar mais detalhadamente essa oferta além do fato dela ser gratuita pelo período de um ano — ou seja — mesmo no seu site (aquiaqui) eles não mencionam algumas coisas que achamos relevantes, como por exemplo:

  • Esse serviço de armazenamento na nuvem está sendo oferecido pela própria Positivo ou por um terceiro?
  • Depois de um ano como fica a situação desse serviço? Ele passa a ser pago?
  • Caso seja do desejo do usuário, o espaço de armazenamento pode ser ampliado? E se sim, qual seria o custo?

Assim, encaminhamos essas dúvidas para a Positivo por meio da sua acessoria de imprensa (hi Rosinha!) e, no dia seguinte, recebemos as respostas. A saber:

Esse serviço Positivo Nuvem está sendo oferecido pela Positivo por meio de uma parceria com a FS Hero empresa que oferece diversos produtos e serviços voltados para mobilidade..

… entre eles o Cloud by Hero uma combinação de App + serviço de armazenamento na nuvem compatível com os sistemas iOS, Android e Windows Phone. No caso do Motion, nosso palpite é que o acesso deve ser via web (mais informaçoes aqui.)

Segundo a Positivo, depois de um ano da ativação desse serviço é possível renovar o serviço por meio de um contrato anual, o que na prática permite manter e/ou ampliar a capacidade de armazenamento. As opções oferecidas são as seguintes:

A opção básica é o Hero Essencial (R$ 69,90 / 1 ano) dá direito a 64GB do Cloud by Hero, mais três assinaturas dos serviços Segurança, Família, Wi-Fi Seguro com suporte via Help Desk (mas sem visita).

Já o Hero Plus (R$ 99,90 / 1 ano) oferece 256GB do Cloud by Hero, mais cinco assinaturas dos serviços Segurança, Família, Wi-Fi Seguro com suporte via Help Desk (mas sem visita).

Para nós, o que ainda não ficou muito claro é se o Cloud By Hero está sendo oferecido pela Positivo como um software já incluso (a exemplo do que eles já fazem com o pacote de Office e/ou  sistema antivirus) ou se o Positivo Nuvem é realmente um novo produto da casa, só que em vez de fazer algo do zero eles optaram por criar um “OEM” baseado na tecnologia da FS Hero.

Fato é que os planos de assinatura citados acima pela Positivo diferem e são até bem mais atraentes do que outros já ofececidos pela própria FS Hero em outros sites de varejo como no Ricardo Eletro:

Com isso também não fica muto claro se a Positivo está entrando de sola no mercado de cloud computing ou não.

Tudo leva a crer que, a princípio não, mas quem sabe o que passa na cabeça do Hélio né? 😉

A propósito…

Se alguém já adquiriu ou conhece alguém que já tem esse Positivo Motion e já sabe se esse Positivo Nuvem existe como produto ou não, por favor nos esclareça na área de comentários!

 

Bonus Track

Pesquisando sobre o Cloud by Hero na web, topamos com esses vídeos no YouTube estrelados por Rodrigo Faro

… e Sabrina Sato! — Upalelê!

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • tuneman

    IMHO a propria Microsoft deveria (ou poderia) oferecer tal serviço junto com a Positivo.

  • Já poderiam incluir uma ferramenta de backup do sistema,
    caso o cloudbook de pau, erá só fazer a recuperação on line.