Hands-on com o Positivo Mobo (ví­deo)

H

Fiz um hands-on com o Positivo Mobo (link para o ví­deo) após a coletiva de lançamento.

Achei ele bem leve (1,1 kg é perfeito pra caber numa bolsa/mochila). O usuário precisa de tempo para se acostumar com a tela de 7″, assim como com o pequeno teclado (que curiosamente não tem a tecla “windows/iniciar”). Dos 2 GB disponí­veis, 1 GB já estava ocupado com o sistema operacional e é preciso ter um flash drive ou disco externo para armazenar dados.

A Positivo diz que nem pensou em adotar Linux no Mobo. “Só Windows XP home mesmo, nem é o Starter Edition”, disse Hélio Rotemberg, presidente da Positivo. “Máquinas com Linux acabam virando Windows, muitas vezes pirata. No Mobo, não é vantagem ter Linux, porque é difí­cil trocar o sistema operacional com a memória flash”, afirmou. “Acreditamos que se tivesse uma opção Linux ela seria desprezada pelos usuários.” (tem mais um ví­deo depois do clique)

Fiz o ví­deo abaixo com o QIK, transmitido em tempo real pela web (link para o ví­deo). Ele mostra o Positivo Mobo Kids e o Positivo Mobo.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin


RSS Podcast SEM FILTRO




+novos