ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Hands-on com o Positivo Mobo (ví­deo)

Fiz um hands-on com o Positivo Mobo (link para o ví­deo) após a coletiva de lançamento.

Achei ele bem leve (1,1 kg é perfeito pra caber numa bolsa/mochila). O usuário precisa de tempo para se acostumar com a tela de 7″, assim como com o pequeno teclado (que curiosamente não tem a tecla “windows/iniciar”). Dos 2 GB disponí­veis, 1 GB já estava ocupado com o sistema operacional e é preciso ter um flash drive ou disco externo para armazenar dados.

A Positivo diz que nem pensou em adotar Linux no Mobo. “Só Windows XP home mesmo, nem é o Starter Edition”, disse Hélio Rotemberg, presidente da Positivo. “Máquinas com Linux acabam virando Windows, muitas vezes pirata. No Mobo, não é vantagem ter Linux, porque é difí­cil trocar o sistema operacional com a memória flash”, afirmou. “Acreditamos que se tivesse uma opção Linux ela seria desprezada pelos usuários.” (tem mais um ví­deo depois do clique)

Fiz o ví­deo abaixo com o QIK, transmitido em tempo real pela web (link para o ví­deo). Ele mostra o Positivo Mobo Kids e o Positivo Mobo.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Uma pena a positivo pensar que o Linux não terá mercado. Ponto pro EeePC da Asus.
    Acredito que não seja sacrifício algum oferecer opção de escolha ao consumidor.

  • Clésio Luiz

    Vantage seria se ele viesse com Linux. Uma máquina dessas, com recursos infimos, obrigada a usar o pesado XP. somem a isso o necessário pacote de programas anti-malware e temos um notebook com potencia pra abrir um notepad. Linux dá muito menos manutenção, é mais leve e mais fácil de usar, todos os programas já vem instalados, é ligar e usar.

  • Everton

    Não é só oferecer uma versão com Linux, a Asus personalizou o Xandros criando uma interface própria para o eeePC, além de drivers de gerenciamento de energia, entre outros.

    A positivo foi pelo caminho mais fácil: Pega o XP mais barato, empurra os drivers que os fabricantes de dispositivos já fizeram, empacota tudo e vende.

  • Rodrigo

    Olá primeiramente gostaria de dizer que adorei o blog ja assinei o feed.
    E tenho uma dúvida, ele possui entrada para cartão SD como o EEE?

  • Fico espantado como é que a Positivo ganha dinheiro com o pensamento retrógrado de seus CEOs! Em primeiro lugar não há dificuldade nenhuma em instalar outro sistema operacional num flash drive. Em segundo lugar é folclórica essa versão de que todo Linux é trocado por software pirata. em terceiro lugar, com certeza seria ainda mais difícil instalar um Windows XP não-oficial numa memória flash e sem CD-ROM.

    Era mais fácil e honesto a Positivo assumir o seu contrato de exclusividade com a Microsoft ao invés de denegrir a imagem da concorrência com falácias para justificar que metade da memória do seu computador novo vai estar ocupada com o sistema operacional (sem outros aplicativos úteis e sem o anti-vírus).

    Em tempo: Uma instalação completíssima livre num flash não ocupa mais do que 400MB, com OpenOffice. Se quiser deixar mais leve, dá para fazer tudo ficar com 80 a 100MB. O que falta é vontade de contratar uma equipe de programadores, como a Asus fez.

  • Rodrigo Robles

    Eu já não simpatizava com a Positivo pela má-qualidade do hardware e gabinetes. Depois desta declaração do presidente, em que o cara se mostrou totalmente ignorante sobre o mercado de Informática, a má impressão que eu tinha da positivo só aumentou.
    Definitivamente a positivo é uma fabricante de hardware super-barato focado no mercado super-nobie.

  • Sinceramente, tem que comer muito feijão pra chegar aos pés do Eee PC…O processador VIA é ainda mais horrível que o Celeron de 1.4GHz…Windows XP é um SO ultrapassado, há um ou dois anos de ir pro saco…Ou seja, quer comprar esse laptop? Prepare-se para jogá-lo no lixo em 2 anos no máximo…E assim poluir o meio ambiente.

    Por isso que o mercado nacional não vai pra frente.

  • Pingback: Hands-on com o positivo MOBO | luizmatos.eti.br, porque pensar é causar ..()

  • João de Barro

    “Só Windows XP home mesmo, nem é o Starter Edition” o.O” ??? Porque não colocam o Vista Starter? Iriam fazer muito mais dinheiro com os noobies e newbies. Todo mundo sabe que um bom noob brasileiro gosta de um Windows Vista, ainda mais se for em uma máquina que não atende metade dos requisitos do sistema. Pena que esse Home Edition é licenciado. O que estão querendo fazer, acabar com o ganha-pão do povo? Como o Brasil vai crescer sem pirataria?

    “Máquinas com Linux acabam virando Windows, muitas vezes pirata. No Mobo, não é vantagem ter Linux, porque é difícil trocar o sistema operacional com a memória flash” Típico comentário comprovando que o brasileiro gosta de uma boa pirataria. “Não é vantagem porque é difícil de trocar de sistema…” (instalar alguma cópia de Windows pirata, de preferência a versão mais nova, pesada e cheia de quinquilhirias – se for corporate ou ultimate melhor). Se o dispositivo em questão dificulta o povo a instalar sistemas piratas, a empresa não vende. Então resolveram colocar um Home Edition para que certas pessoas não tenha que passar por dificuldades se fossem piratear software.

    “Acreditamos que se tivesse uma opção Linux ela seria desprezada pelos usuários.” A única coisa certa que ele disse. Acho que aqui não há o que corrigir. E antes que alguns contra-argumentem, escolher uma versão com GNU/Linux para economizar na passagem de ônibus e depois instalar uma cópia pirata do Windows não deixa de ser dezprezo.

  • Erick Müller

    Quando eu vi a notícia da Positivo, pensei que eles iam fazer algo pra bater de frente com o eee 900, que daqui a alguns meses chega na terra brasilis. Mas que nada, fizeram essa coisa horrenda.

  • Thiago

    Gostei do produto.
    Poderia ter sido linux, mas nem todas as distribuições funcionariam bem nele.
    O xp até que bem leve… roda bem nessa maquina.
    quem disse que ele é pesado é bem tendencioso pro lado do linux, já que o xp roda bem em pcs com 256 MB de ram e uns 500 mhz…

  • Não vou comprar porque não uso Windows e comprar isso me obriga a pagar por uma licença.

  • Helder Lima

    Discordo dos comentários dos amigos que dizem que o Mobo é ruim porque vem com Windows XP Home.

    Todos os usuários de Linux criticam o Windows, e o inverso também ocorre, no entanto sempre justificam suas críticas alegando não trabalhar com o SO da Microsoft pois é inseguro e instavel.

    Pois a mesma justificativa faço eu, sou Analista Desenvolvedor, trabalho com Visual Studio, Linux para mim não interessa pois 80% da plataforma do Brasil está em Windows e não quero ficar dando comandos pra tudo (sei que não é preciso, mas para dominar a máquina completamente só como root, ou seja, console :[), gosto de praticidade.

    O Mobo é uma ótima solução, mesmo tendo hardware limitado, me garante menos dores nas costas ao final de um dia, meu HP DV6433 pesa quase 3 kg, enquanto esse pesa 1,1kg, extremamente portatil.

    É um produto nacional (mesmo sendo cópia do Airis Kira), tem garantia, vem com Windows original, tem uma webcam bem superior ao do eeePC, teclado ABNT2, bateria com duraçao de 4 horas, perfeito para quem gosta/trabaha com Windows, no entanto poderia ter um valor mais baixo, acredito que por volta de R$ 799,00 seja um valor ideal.

  • Gideão

    eu sou leigo nesse assunto de sistemas operacionais, de configurações e etc.. mais eu tenho certeza que a positivo fez esse produto para pessoas leigas como os brasileiros que pagam R$ 1200 num celular só para tirar fotos e jogar games; pelo menos esses usuario vão ter maior utilidade no mobo doque em seus celulares….

  • Mario

    Trabalho como professor e acreditem, comprei-o pq se me roubarem não perco lá grande coisa, tenho um celular nókia cavernoso, daqueles que mete raiva em ladrão, o mobo foi uma alternativa viável de trabalho, posso escondê-lo melhor, posso disfarçá-lo melhor, poderia ter um DELL, mas nunca fiz questão por considerar um notebook semp-toshiba que tenho há quase 3 anos e que fica ligado dia e noite ser suficiente para minhas necessidades, porém já tinha lido muitas críticas sobre a marca semp-toshiba e olha só são 3 anos e a familía toda usando direto.

  • Comprei o Mobo e gostei do ruWindows rodando nele. Apesar que não vai ser eu quem vai usá-lo… se fosse eu eu tentaria colocar o Linux com certeza. Vou fazer um teste e colocar o Ubuntu. Alguém já fez o teste? Ou será que alguém me indica outra distro para ele?

  • Flavio

    Tenho 34 anos e sou da epoca dos tk85 e msx expert… passei por toda a evolução de desktops e laptops… trabalho atualmente como tecnico de manutencao e programador. Realmente acho o windows muitas vezes mais pratico do que o linux apesar de ser facinado pelo linux, agora realmente achei os comentarios acima muito “anti windows” apenas e nada justificando a “ma qualidade” de produtos da positivo. Em minha lan house tenho 32 pcs da positivo e nunca tive problemas com eles. Na verdade é o velho costume brasileiro de ser altamente critico a produtos nacionais dando maior valor a produtos gringos. Tenho o MOBO e achei-o simplesmente notavel, pratico, leve, bateria de otima duração, excelente qualidade da webcam, otima performance para navegação em 3G e em redes comuns sendo que ate mesmo superou minhas expectativas. Garanto que de todos esses usuarios que acima criticaram o MOBO, nenhum deles possui um para poder dar uma opiniao VALIDA. Eu como profissional da area e proprietario de um MOBO recomendo para toda e qualquer pessoa que precisar de um notebook compacto e eficiente !

  • luiz

    comprei o mobo…com a intenção de coloca lo no meu carro……para rodas as musicas no meu som…..e nao to sabendo como faço…tem alguem ai pra me ajudar????meu toca CD tem saida pra pendrive!!!como faço pra tocar as musicas que tem no mobo…pra tocar no som do carro…me ajudem porfavor