Pocket review: Aiko DT-0818 (receptor de TV digital 1-seg)

P

Aiko DT-0818

O receptor USB de TV digital Aiko DT-0818 merece menção honrosa pelo preço. Enquanto é possí­vel encontrar dispositivos 1-seg para ver TV digital no computador por mais de R$ 300, o modelo da Aiko faz o mesmo pelo simpático preço sugerido de R$ 199. Yap. R$ 199!

Na verdade, não tem nada de muito diferente no modelo da Aiko em relação a qualquer outro desses receptores, como o da Tec Toy ou o da Leadership. Eu achei ele bem bonito, por sinal.

Tire o produto da caixa, conecte o extensor da antena (precisa pra sintonizar de maneira decente), encontre uma porta USB livre no PC/Notebook, use o software Presto! PVR 7 para assistir TV ou agendar gravações. Ponto final. Você tem, com isso, TV digital 1-seg funcionando no seu PC (o software é só para Windows).

outros reviews de TV digital 1-seg:
:::Receptor de TV digital USB Leadership
::::Tec Toy MobTV MT-100

Não, não tente colocar a transmissão em tela cheia. O máximo que a resolução aguenta (ao menos na minha tela de 17″) e dá para considerar aceitável é usar o modo Large Scale 2, que irá deixar a janela em 720 x 405 pixels. O receptor USB vem com um extensor de antena que tem um imã na ponta – dá para “prender” a anteninha a alguma superfície metálica.

O software Presto! PVR 7 (por sinal, o mesmo usado pela Leadership) encontra os canais e permite programar gravações no disco rígido. E acabou. O Aiko DT-0818 vale pelo preço, se realmente você acredita que ver TV (ainda mais aberta) no seu computador é algo realmente necessário.

Resumo: Aiko DT-0818
O que é isso? — Receptor de TV digital 1-seg para portáteis.
O que é legal? — Simples e fácil de ser usado, grava programas no disco rígido do PC.
O que é imoral? — A qualidade de recepção depende muito do local, não espere muito da antena integrada.
O que mais? — Não confunda esse produto 1-seg com os conversores de mesa para TV. Ele não gera imagem em alta definição.
Avaliação: 4,0 (de 5,0).

Preço sugerido: R$ 199.
Onde encontrar: www.aiko.com.br

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos