ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Picnik libera parte dos recursos pagos

PicnikO Picnik, editor de fotos online favorito deste Zumo, tem uma boa notí­cia para a maioria dos usuários que não quer pagar US$ 24,95 ao ano para ter acesso aos recursos premium do serviço: alguns dos principais recursos estão liberados.

Todas as fontes, efeitos, formas, frames e ferramentas de retoque podem ser usadas sem pagar. Detalhe: para garantir isso aos usuários, o Picnik inseriu anúncios no sistema (afinal, milhares de usuários do Flickr não podem passar imunes í  propaganda, certo?).  Quem pagou os US$ 24,95 ainda tem direito de ver o site sem anúncios e com ferramentas avançadas de edição. No site em português, entretanto, as mudanças não são tão fáceis de identificar quanto no site em inglês – questão de tempo apenas.

(Via Picnik News)

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin