ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Gadget do dia: Panasonic Toughpad FZ-E1/FZ-X1

Panasonic amplia sua linha de tablets robustecidos Toughpad com dois modelos equipados com tela de 5 polegadas e capazes de fazer ligação de voz (uia!)

Já faz algum tempo que perguntamos para o pessoal da Panasonic se ela tinha planos de desenvolver um “ThoughPhone”— ou seja, um smartphone com tecnologia Toughbook e, como era de se esperar, as respostas sempre foram meio evasivas, o que para nós era uma esperança — pelo menos bem melhor que um não na cara!

TOUGHPAD_FZ_5_pol

E pelo visto, o pessoal de Osaka resolveu acabar com esse mistério e aproveitou o WMC 2014  para anunciar os novos tablets Thoughpad FZ-E1 e Toughpad FZ-X1 equipados respectivamente com Windows 8 Embedded e Andoid 4.2.2.

E por que eles não se chamam Toughphone? Então, veja bem — é que tecnicamente falando, eles não são smartphones e sim tablets com  tela de 5 polegadas com capacidade de se conectar com redes 3G/4G e fazer ligações de voz. Mas convenhamos que nessa área cinza onde convivem esses smartphones com telas grandes e tablets com telas pequenas isso é mais uma questão filosófica do que prática.

De fato, nunca foi segredo que a Panasonic tinha Toughpads com tela de 5 polegadas no seu roadmap de produtos, e como esses equipamentos já oferecem modem para redes 3G/LTE, nada mais simples e cômodo do que habilitar a capacidade de fazer ligações de voz né? — Se o FonePad 7 faz isso, por que não um Toughpad?

Toughpad_roadmap

Segundo a Panasonic, a versão com Windows (FZ-E1) vem equipado com processador Qualcomm MSM8974AB quadcore de 2,3 GHz enquanto que o modelo com Android (FZ-X1) utiliza um processador Qualcomm APQ8064T também um quadcore só que de 1,7 GHz. 

Fora isso (e as diferentes funções das teclas físicas sob a tela), ambas as plataformas de hardware são praticamente idênticas vindo equipados com 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno em Flash, tela LCD de 5 polegadas com resolução HD (1.280 × 720 pixels) com touchscreen para dez dedos de altíssima sensibilidade o que permite operá-lo mesmo usando luvas. Seu brilho máximo de 500 cd/m². Seu microfone possui recurso de supressão de ruídos e seus alto-falantes são do tipo estéreo e, segundo o press release japonês, sua câmera frontal é de “800 milhões de pixels” e a traseira de 1,3 MP otimizado para tirar fotos noturnas.

TOUGHPAD_FZ-X1b

Eles vêm equipados com interfaces Wi-Fi 802.11 b/g/n/ac, bluetooth 4.0, porta micro USB 2.o  e slot para cartão micro SDXC. Seu modem 3G/LTE é compatível com os protocolos de comunicação HSPA +, WCDMA, CDMA 2000 e 1xEV-DO. Fora isso ele já vem com interface NFC (tipo A, B, C), leitor de código de barras e GPS/GLONASS.

E como seus irmãos maiores, ele é certificado pela norma militar MIL-STD-810G sendo capaz de sobreviver a quedas de até 3 metros de altura além de ser protegido contra respingos d’água e entrada de pó segundo a norma IP65/IP68.

Eles medem 8,7 x 16,5 x 3,1 cm (LxAxP) e pesa 430 gramas com a bateria dem 6.200 mAh, cuja autonomia é estimada em 14 horas de uso contínuo ou 1.000 horas em stand-by. Seu tempo de recarga completo (100%) é de ~três horas.

O seu preço ainda está em aberto e a previsão é que o FZ-E1 chegue ao mercado em meados de julho e o FZ-X1 no fim de agosto.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Rogerio Dos Santos Ferreira

    Só assim pra largar meu martelo nokia 🙂 vai faltar o preço “acessível” e disponibilidade no Brasil…

    • Mario Nagano

      Sim, trata-se de um produto de nicho que na teoria nem chega às lojas.

      Ele é mais voltado para setores que realmente precisam de um equipamento robustecido como órgãos de governo (saúde, segurança, bombeiros, militares, etc.), aviação civil, petróleo e gás, empreiteiras, etc. e — por causa disso — pagam!

      Para o consumidor final e negócios, a Panasonic possui uma linha de notebooks chamada Let’s Note (http://goo.gl/fv3Hq0) e tablets BizPad (http://goo.gl/jaqF6o).

  • Vagner_Ligeiro

    Isso não é um Foblet? (tm Henrique Martin 🙂 )

    • Mario Nagano

      Na essência sim, mas como disse no post isso é meio que uma questão de semântica, já que pelas suas características, modelo de negócio e público alvo, o FZ-E1/X1 é um tablet de tela pequena que faz ligações de voz, ou seja, não espere encontrar um deles para vender numa loja de celulares.