ZTOP+ZUMO

Panasonic apresentará novas tecnologias nas Olimpíadas do Rio 2016

Telas transparentes, sistemas de “tira-teima” e até lâmpadas que emitem dados serão mostradas dentro e fora dos jogos.

A Panasonic do Brasil reuniu ontem (18/maio) a imprensa na sede do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 para apresentar mais detalhes sobre a sua participação nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Panasonic_olimpiadas_2016_execs2

Mais do que uma simples ação do tipo “opa, vamos botar o nome da empresa em tudo quanto é canto” essa parceria é super estratégia para a empresa, principalmente neste momento em que ela tira um pouco o seu pé do acelerador no segmento de consumo e investe pesado no chamados “System Solutions” um mercado que engloba produtos mais voltados para o mercado de B2B, como equipamentos de broadcast, projetores, condicionadores de ar, PABXs e mais recentemente, câmeras de segurança.

Segundo a empresa, as diretrizes para a seleção dos produtos a serem adotados é tecnologias de áudio e vídeo para encantar e dar mais eficiência aos jogos Olímpicos.

Sob esse ponto de vista, nada melhor do que aproveitar o maior evento poliesportivo do planeta para mostrar para o mundo o que suas aplicações de System Solutions são capazes de fazer em cores e ao vivo, e isso sem falar nessaa inestimável oportunidade de testar suas novas tecnologias em grande escala dentro de um ambiente real. Segundo o presidente da Panasonic do Brasil Michikazu Matsushita, este segmento cresceu 34% só em 2015 e ele espera chegar a 200% neste ano, e dobrar novamente até 2018.

Panasonic_olimpiadas_2016_matsushita_crescimento

De fato Matsushita anunciou que sua empresa acabou de assinar um contrato de patrocínio também para os Jogos Paralímpicos do Rio que ocorrerá entre os dias 7 a 18 de setembro. Assim, as mesmas soluções usadas nos Jogos Olímpicos também serão usadas neste evento.

Panasonic_olimpiadas_2016_matsushita_paraolimpiada

Para falar mais sobre os produtos e serviços que serão utilizados neste evento, assumiu a apresentação nosso colega e chapa deste Ztop Alessandro Batista, gerente de Marketing Olímpico da Panasonic do Brasil…

Panasonic_olimpiadas_2016_alessandro

… que fez um balanço de todos os equipamentos que serão empregados no evento, o que inclui as arenas esportivas, as vilas dos atletas, centros de mídia e Live Sites oficiais:

Panasonic_olimpiadas_2016_hardware

Entre os equipamentos em destaque estão o projetor de laser-fósforo PR-DZ21K2 de 20 mil lúmens, a mesa de controle/switch AV-HS600 e as câmeras de vídeo AJ-PX800G e AJ-PX5000G (embaixo)…

Panasonic_olimpiadas_2016_AJ-PX5000G

… sendo que este último é o atual modelo topo de linha da casa, capaz de capturar imagens em Full HD compatível com o formato AVC INCTRA o que fará com que a qualidade das imagens transmitidas será superior à de Londres 2012, declarou Batista.

Interessante observar que essa câmera também pode transmitir suas imagens em tempo real até por meio de conexões 4G/LTE o que permite enviar o seu conteúdo direto para o chamado P2Cast, um serviço de armazenamento na nuvem da Panasonic.

img_network

E apesar das imagens dos jogos serem oficialmente geradas e transmitidas em Full HD, a empresa tem planos de gravar alguns eventos em 4K e até 8K para “consumo interno”. Fora isso, a Panasonic também irá disponibilizar uma solução integrada, onde suas suas câmeras de broadcast irão fornecer imagens que irão ajudar os juízes nos chamados “tira-teimas” das partidas.

Quando perguntamos se essa solução também incluiria a notória tecnologia para verificar se a bola entrou ou não entrou no gol dos jogos de futebol, a resposta de Batista foi que não (eita!). Mas depois ele nos explicou que não é que a empresa não tem condições de fornecer tal solução e sim porque isso não foi pedido pelo comitê olímpico.

Outro grande anúncio do dia é que a empresa é a parceira oficial das cerimônias de abertura e encerramento dos jogos, sendo que ela já informou que irá fornecer quatro vezes mais projetores do que em Londres 2012.

Panasonic_olimpiadas_2016_cerimonias

Mas como era de se esperar, o pessoal da Panasonic foi bastante reticente em revelar mais detalhes sobre desses shows, mas podemos ter uma idéia do que eles são capazes de fazer no vídeo abaixo:

De fato, entre as diversas ações de marketing da Panasonic nos jogos está o desejo de fazer algumas exibições de projection mapping em dois hotéis da orla da praia que irão receber os convidados da empresa, só que isso ainda depende de uma permissão da prefeitura, sendo que as negociações continuam…

Panasonic_olimpiadas_2016_projecao

Já entre as iniciativas mais do que aprovadas, está a renovação tecnológica do Complexo do Pão de Açúcar, o que inclui a instalação de telões e lâmpadas de LED, painéis solares, sistemas de Digital Signage, câmeras de segurança e até um novo sistema de PABX, a boa notícia é que muitas dessas melhorias permanecerão no local como parte da contribuição da empresa para o legado dos jogos para a cidade do Rio.

Panasonic_olimpiadas_2016_pao_de acucar

Em contrapartida, esse complexo também servirá como o QG da empresa para os encontros de relacionamento com clientes, convidados e consumidores — o que também inclui uma área de 500 m² onde haverá demonstrações de produtos e soluções já disponíveis para o mercado e — é claro — algumas tecnologias inovadoras…

Panasonic_olimpiadas_2016_balada

… como o Painel LCD Transparente que foi primeiramente revelado para o público durante a CES deste ano:

Já o Light ID é uma espécie de “QR-Code digital” onde a informação é “emitida” na forma de sinais de luz de alta-frequência que podem ser capturada pelas câmera de um smartphone e seu conteúdo interpretado por meio de uma app.

A grande sacada dessa tecnologia é que a fonte de luz/informação pode partir de um painel de imagem ou mesmo de um simples sistema de iluminação a LED, o que torna esse recurso particularmente interessante em lojas e museus.

Legal né?

Disclaimer: Mário Nagano fez um bate-volta no Rio a convite da Panasonic, mas as opiniões e fotos bacanas são dele.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • dflopes 20/05/2016, 07:05

    Pergunto se não poderiam usar o LTE Broadcast pra transmitir os eventos diretos para o estádio.
    E quem sabe disponibilizar resumos em 4k de alguns jogos pra baixarmos e assistir em casa.

  • Priscilla Guedes Lopes 24/05/2016, 16:21

    quero só ver como vão ser essas tecnologias pras olimpíadas, porque até agora aqui no rio tá tudo uma bagunça e uma correria sem fim! a única coisa boa que eu descobri (e nem tem a ver com as olimpiadas) foi o http://www.loscaninos.com e agora cuidar do meu cachorro jack ficou super fácil! posso pesquisar as melhores pet shops e agendar e pagar já no próprio los caninos, praticidade é isso aí. quero ver esse tipo de dedicação pra essas tecnologias das olimpíadas que tão com cara de que vão enrolar mais que facilitar