ZTOP+ZUMO 10 anos!

Números enormes: Panasonic Lumix DMC-GH4 (filma em 4K)

Primeira DSLM da casa capaz de gravar vídeos em 4K chega ao mercado japonês no próximo mês. Europa e EUA no início de maio.

Ao contrário de outros lançamentos que, do nada, pipocam na prateleira da loja, a Panasonic adotou uma estratégia diferente para o anúncio da sua nova DSLM (ou câmera de terceira geração) da série Lumix modelo DMC-GH4 revelando detalhes relevantes aos poucos e em doses homeopáticas.

Considerada a primeira câmera digital de consumo capaz de filmar na resolução 4K, a GH4 faz parte da parte da estratégia da empresa de oferecer um ecossistema completo para esse novo padrão de vídeo, a exemplo do que eles já fizeram em 2010 com sua visão de um mundo 3D.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ela foi apresentada na forma de protótipo durante a última CES 2014 junto com uma versão 4K da sua filmadora de ação HX-A100.

Panasonic_GH4_prototipo

No mês seguinte a fabricante anunciou oficialmente a sua existência, seu nome oficial (DMC-GH4) e algumas das suas características técnicas como o uso de uma nova versão do seu sensor Live MOS de 16 megapixels + processador de imagem Venus Engine IX, que permitem capturar vídeos no padrão Cinema 4K (4.096 x 2.160 pixels a 24 qps) e QFHD 4K (3.840 x 2.160 pixels em até 30 qps) nos formatos MOV, MP4 e AVCHD sem limite de duração.

Ztop Trivia:

Chamou a nossa atenção o fato da Panasonic ter chamado essa câmera de DMC-GH4 e não de DMC-GH5. Isso porque em japonês, o som do número 4 ou “shi” ( 四 ) tem o mesmo som da palavra “morte” (  ) de modo que eles preferem ignorar/pular esse número quando possível. Daí das câmeras Lumix DMC-G5 e DMC-GF5 serem as sucessoras dos modelos DMC-G3 e DMC-GF3 respectivamente.

Nosso palpite é que como a palavra mágica desse produto é “4K” fica claro a vantagem de associar o “4” do “4K” com o “4” do “GH4” ou seja, dessa vez não teve jeito… né?

Apesar que não há de se negar que — segundo seus fãs — ela é uma câmera “matadora!” 🙂

Panasonic_GH4_complete

As imagens podem ser monitoradas em tempo real via monitor externo com porta HDMI e funções específicas para o profissional de vídeo já estão integradas ao equipamento, assim como diversos acessórios opcionais como a Interface Unit DMW-YAGHE que amplia ainda mais a versatilidade desse produto, em especial para os produtores de vídeo.

 

Panasonic_GH4_back

Panasonic_GH4_lado

Segundo um comunicado divulgado hoje (25) a GH4 chega ao mercado japonês em abril em duas versões: Somente o corpo (GH4) ou na forma de kit (GH4H) formado pelo corpo mais a lente zoom Lumix G vario 14-140/f3.5-5.6 ASPH uma versão modernizada (menor e mais leve) da 14-140 mm original (equiv. 28-280 mm), que foi a primeira objetiva da casa a ser otimizada para aplicações de vídeo (daí a indicação “HD”) e que, por causa disso, sempre foi a lente recomendada/padrão dessa câmera desde o lançamento da GH1 original.

Lumix_G_14-140_new

 

Segundo o DPreview, em maio será a vez da Europa onde o corpo será vendido pelo valor sugerido de £ 1.300, £ 1750 com a lente 14-140mm e zoom, or £ 2.500 com o módulo DMW-YAGHE. Já nos EUA, só o corpo sai pelo preço estimado US$ 1.700 e US$ 2.000 com o módulo.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.