ZTOP+ZUMO 10 anos!

Gadget do dia: a sentinela antigatos da Panasonic

No passado, nada mais fácil (e incorreto) para resolver aquele problema do gato do vizinho que usa seu jardim ou vaso de planta como banheiro do que uma boa estilingada ou tiro de chumbinho no traseiro dele.

Mas como vivemos tempos mais civilizados e brincar com armas pode dar cana e maltratar animais do vizinho pode fazer mal para sua integridade física (principalmente se o vizinho gostar mais do gato do que de você), a solução pode estar na tecnologia e a Panasonic tem o produto ideal para resolver essa pendenga — o Neko fun gai keigen-ki (ねこフン害軽減器) — segundo o Google Translator, algo como “Cat feces harm mitigator” modelo EC801G:

panasonic_cat_mitigator_propaganda

panasonic_cat_mitigator

Essa engenhoca é um tipo de sentinela eletrônico (ou sentry) que, ao perceber a aproximação do bichano por meio de um sensor infravermelho, emite um alarme de ultrassom de 25 kHz na sua direção.

A empresa ressalta que o objetivo desse produto não é de espantar o gato e sim de causar uma sensação de desconforto ao ponto de convencê-lo a realizar as suas necessidades fisiológicas em outro lugar.

panasonic_cat_mitigator_funcionamento1

 

Ele mede 13,3 x 24,4 x 12,0 cm (LxAxP contando a base), 630 gramas de peso e foi projetado para suportar as intempéries do tempo de modo que ele pode ser instalado tanto dentro quanto fora de casa. Ele funciona com duas pilhas AAA e consome apenas 170 mA ou menos funcionando ou 150 μA ou menos no modo standby. O produto pode ser fixado numa base para maior estabilidade e possui pequenas perninhas para protegê-lo de possíveis inundações no jardim.

panasonic_cat_mitigator_desenho

O alcance do sensor é de ~ 7 metros e para máxima eficiência, o fabricante também recomenda que o emissor de ultrassom esteja na mesma altura das orelhas do gato.

panasonic_cat_mitigator_regulagem

Fora isso, o ângulo de propagação do som é relativamente fechado e direcionado para frente, mas pode ser aberto para os lados por meio de um adaptador incluso.

O preço sugerido no Japão é de 11.760 ienes (~R$ 269) e pode ser encontrado no Amazon.jp. Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.