ZTOP+ZUMO

Olympus renova toda sua linha de câmeras Micro 4/3

Numa só tacada, a Olympus anuncia três novos modelos de câmeras da sua linha Pen. O que inclui (surpresa! surpresa!) um modelo ultra-compacto.

Já faz um tempo que a Olympus andava meio quieta (para não dizer perdida) no mercado ao ponto de provocar a ira dos fãs que não tinham idéia para onde a empresa estava indo. A resposta: algo novo viria no final de junho. E não é que eles cumpriram a promessa?

Ontem, a fabricante japonesa não anunciou uma, mas sim três câmeras da linha Pen Digital, todas compatíveis com o padrão micro four-thirds. Todas vêm com novo sensor de imagem Live MOS de 12.3 megapixels (o mesmo usado pelos modelos da Panasonic), processador de imagem TruePic VI, suporte para ISO 12.800, novo sistema de foco automático, gravação de vídeo em full HD (1080i) com gravação de áudio em Dolby Digital e em AVCHD, suporte para cartões SDXC,  nova interface com o usuário e ainda uma nova série de filtros artísticos e recursos de criatividade integrados.

Fora isso, todos os modelos contam com tela LCD de 3,0″ com suporte para touchscreen e estabilizador de imagem (sensor shift) no corpo da câmera e não na lente (yay!) e diversos acessórios que podem ser usados em todos os modelos, incluindo aqueles compatíveis com a nova porta AP2 (acessory Port 2) como o Pen Pal PP1, um dispositivo que conecta a câmera a um celular com Bluetooth.

Com esse anúncio, a Olympus põe ordem na sua linha de produtos, adotando uma plataforma tecnológica única e padronizada de modo que a diferença entre os modelos está mais no seu formato e no maior/menor número de recursos. Assim, a nova família de câmeras Pen Digital está dividida em três linhas: a  Pen E-P3, topo de linha, Pen E-PL3, mainstream, e um novo modelo de entrada Pen E-PM1 (também chamada de PEN Mini):

A Olympus PEN E-P3 continua a ser o modelo mais avançado da linha, ao mesmo tempo que mantém seu design clássico (meio retrô) todo em metal e que incorpora diversas novidades como um sistema de foco mais veloz (o mais rápido do mundo, segundo a fabricante), uma nova tela OLED de alta resolução (614.000 pixels) sensível ao toque. Além das versões em prata e preto haverá também uma versão na cor branca. Ela já está em pré-venda na Amazon.com pelo preço sugerido de US$ 899. Segundo a Olympus no Brasil previsão é que a E-P3 chegue no nosso mercado ainda no segundo semestre deste ano antes do natal.

Note o novo grafismo aplicado nos anéis da lente padrão de 14~42 mm “R” que acompanha a câmera:

Para mim, a grande novidade desse modelo é que, ao contrário dos modelos E-P1 e E-P2, ela finalmente inclui um flash embutido que, se não é dos mais potentes ainda é muito melhor do que nada.

Outra curiosidade desse modelo é que sua empunhadura lateral (ou grip)…

… pode ser removida e até substituída…

… por outros modelos com diversas cores e padronagens, abrindo assim diversas opções de customização e lançamentos de séries especiais. Fora isso a empresa já anunciou diversos acessórios específicos para a P3.

Já a Olympus Pen E-PL3 (Pen Lite 3) é um modelo mais voltado para o público em geral e chega a seis meses depois de sua antecessora (a Pen E-PL2). O novo modelo veio com um design completamente novo e bem mais atraente que a E-PL1 (com seu corpo quadradinho), cujos estoques agora estão sendo queimados no Amazon por até US$ 399 (lá a E-PL2 sai por US$ 550 e deve também cair de preço).

Ela é voltada para o público em geral que deseja uma câmera que combine recursos avançados com diversos modos criativos (Pop Art, Soft Focus, Grainy Film, Pin Hole, Diorama and Dramatic Tone). Fora isso a nova E-PL3 oferece maior suporte para cartões Eye-Fi e Sweep 3D (você tira uma foto movendo a câmera para o lado e ela gera uma imagem em 3D). Também é possível montar slideshows bastante elaborados com efeitos de tela e som de fundo diretamente na câmera.

 


Entretanto, a E-PL3 mantém algumas características de suas antecessoras, como o uso de metal apenas na parte da frente da câmera e plástico na parte de trás:

A grande novidade nesse novo desenho é a volta da tela móvel, que pode ser inclinada tanto para cima quanto para baixo. Essa solução já foi usada em alguns modelos do passado como a Camedia C5050zE-10/E-20 e na E-330.

Note também que ao contrário da E-PL1/E-PL2 a E-PL3 não vem mais com flash embutido (Booo!). De qualquer modo a Olympus afirma que um flash externo (talvez esse modelo?) já acompanha o produto.

Finalmente, a Pen E-PM1 (Pen Mini 1) se apresenta como a menor (11,0 × 6,4 x 3,4 cm — LxAxP) e e mais leve das Olympus PEN ( 265 gramas sem a lente) e está disponível em seis cores (roxo, rosa, marrom, branco, prata e preto) e conta com uma interface de usuário nova e simplificada e com menos controles externos. E como na E-PL3 o Mini também não possui flash embutido mas um modelo externo já acompanha o produto.

 

Como sempre digo, acredito que esse modelo será mais procurado pelo público feminino (daí a oferta de cores mais extravagantes). Prova disso também é a nova bolsa de fotografia especialmente desenhada para a E-PM1:

Fora isso, ela também conta com uma nova caixa submarina, o que permite levá-la para qualquer lugar — incluindo embaixo d’água.

Ainda em tempo:

Junto com essas novas câmeras, a Olympus também anunciou duas novas lentes Prime (distância focal fixa) micro four-thirds e um novo flash compacto com cabeça móvel. As novas objetivas já são otimizadas para o modo de gravação em vídeo (identificadas com o selo MSC), o que inclui um motor de foco bem mais silencioso, atendendo às reclamações de alguns usuários que diziam que o zumbido do autofoco era registrado no som do vídeo.

São elas:

M.Zuiko Digital ED 12m f2.0: Essa lente prime do tipo grande angular (equivalência de 24 mm) é recomendada para uso geral  desde paisagens em condições de iluminação baixa até cenas externas espontâneas e difíceis de fotografar. A lente possui um corpo de metal e um anel de foco que permite aos fotógrafos focar manualmente graças a presença de um indicador de distância e uma escala de profundidade de campo. Preço sugerido: US$ 800 nos EUA.

M.Zuiko Digital ED 45mm f1.8: Essa meia-tele (equivalência de 90 mm) é voltada para retratos por causa da sua grande abertura focal (máximo F1.8), o que permite por exemplo destacar um primeiro plano da cena, desfocando o fundo, um efeito bem mais difícil de ser obtido com outras lentes menos luminosas (f4.5~F5.6). Preço sugerido: US$ 400 nos EUA.

FL-300R Compact Flash: Se comparado com seus antecessores (como este e este) o FL-300R é o primeiro flash para a linha Pen a vir com cabeça móvel, já que a articulação na sua base permite jogar a luz tanto para cima quanto para baixo, De fato o flash pode ser rebatido totalmente para frente, permitindo assim que a câmera possa ser guardada da bolsa com o flash instalado (e dobrado) sem ocupar muito espaço. Além disso ele pode ser disparado remotamente por meio de sinais de rádio, um recurso padrão nos flashes da Olympus terminados em “R”.

Japonês criativo né?

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • romulo 01/07/2011, 13:44

    humilharam
    já que a amazon tá liquidando as antigas, será que entregam aqui? ainda vale a pena a epl-1 né?

    • mnagano 01/07/2011, 14:01

      Bom, vamos por partes…

      Não! Com raras exceções (como o Kindle) a Amazon não despacha eletrônicos para o Brasil. E quando o faz a receita federal costuma sobretaxar a encomenda em até 60% do custo da mercadoria + frete.

      Se levarmos em consideração que a mesma Amazon vende só a lente 14-42mm f/3.5-5.6 Zuiko Digital por US$ 280 ~ US$ 300, colocando mais uns US$ 100 você leva a E-PL1 de brinde pra casa. Fora isso a E-PL1 tem a vantagem de vir com flash embutido, recurso eliminado na E-PL3.