O que vem dentro de um netbook?

O

protótipo de netbook da Fujitsu

A Intel aproveitou a Computex 2008, em Taiwan, para falar um pouco mais da sua plataforma Atom e vender o peixe dos netbooks/nettops que virão por aí­ na onda do Asus eeePC e seus parentes informáticos.

Até onde eu sei, apenas o MSI Wind foi anunciado oficialmente com o Atom, mas a Intel liberou um documento que fala das configurações sugeridas para os futuros notebooks ultraportáteis e ultrabaratos a serem usadas pelos integradores de sistemas.

Um netbook tí­pico, na visão da Intel, usa o processador Atom N270 de 1,6 GHz, chipset Mobile Intel 945GE Express com ICH7M, telas de 7″ a 10″, WLAN 802.11b/g, miniteclado, memória interna rodando a 400 MHz ou 533 MHz com 256 MB a 512 MB de RAM, armazenamento de 2 GB a 4 GB em flash sem disco rí­gido ou drive óptico, tudo isso com Linux ou Windows XP, pelo modesto preço estimado e sugerido (na teoria, ao menos), de US$ 250.

Há ainda a possibilidade de configuração com discos SSD Intel Z-P230 (sim, a Intel é outra na onda do SSD).

Essa é a configuração mí­nima a se esperar, então, nas futuras gerações de Asus eeePCs (espero), Positivo Mobo, HP 2133 e tantos outros notebooks ultraconectados e teoricamente baratos que surgem a cada dia no mercado. Vale lembrar que a Asus Positivo e HP usam chips Via nessa categoria de produto.

Mais fotos de netbooks e dispositivos portáteis de acesso í  internet com Intel Atom depois do clique.

Mobile Internet Devices da BenQ e Gigabyte, ambos com Atom

Sean Maloney, VP executivo da Intel, e uma parede de portáteis

MID da Panasonic com Intel Atom

Mí­dia asiática quase sai no tapa para fotografar gadgets

(Henrique comenta: As fotos de garotas segurando produtos high-tech são tradição na mí­dia asiática – assim como um monte de fotógrafos correndo e quase se estapeando por uma foto de um objeto estático – mas se tiver a garota, bem melhor! Essa é uma singela homenagem deste Zumo ao mais divertido anti-blog de gadgets em inglês na minha opinião, o Idiot Toys.)

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos