Números enormes: ZTOP+Zumo, 9 anos

N

Hoje é o aniversário deste site-blog-coisa. Nove anos: Yaay!

Nove anos no ar é equivalente a uns 61 anos de cachorro. Na <chavão>velocidade da internet</chavão>, nos sentimos assim.

Mas é verdade. Quando criamos o Zumo, que depois virou ZTOP, pra se consolidar em ZTOP+Zumo (não pergunte, é uma longa história), a ideia era ser um dos primeiros blogs de gadgets do Brasil. Acho que conseguimos cumprir essa missão, e com o tempo entendemos nosso lugar nesse mundo tecnológico.

Se a ideia era correr atrás de gadgets e notícias no começo, hoje somos mais experientes. O tempo de correria ficou pra trás – embora seja sempre emocionante escrever algo em tempo real pro site – e estamos mais focados em… escrever sobre o que a gente gosta, sem ser caça-clique ou sensacionalista-SEO-fanático.

E isso de “escrever sobre o que gosto” se refletiu um pouco na ideia de que estamos em um mundo pós-PC. Nove anos atrás, o computador na configuração clássica desktop ou notebook rodando Windows era o padrão de tecnologia na casa das pessoas.

Em 2016, é o smartphone que comanda nossas vidas – também não temos mais privacidade, mas isso é outra história.

Acumulamos experiência, com background de uma história que acompanhamos passo a passo e que cresceu firmemente no Brasil nos últimos anos. Lembra como eram os primeiros Androids lançados no Brasil? Ou a cara do primeiro (e tosco) Android que vi? iPhone? Nos divertimos com as especulações desde o começo. Em resumo, ficamos bons em criar contexto de um mercado em constante mudança (saudades, Nokia!).

Eu nem me lembro mais quando foi o último benchmark que Nagano rodou em um computador para publicarmos (fala a verdade, sua vida ficou bem mais fácil, né? :)).

Nagano comenta: Let me see… Benchmark per se foi no post do Quantum Fly já um Bechmark para PC foi no review do Acer Aspire ES 14 Cloudbook.

Nove anos no ar prova que somos capazes – ou melhor, resilientes – de nos manter em pé, firmes e fortes.

E que venham mais nove, dez, inúmeros anos.

Aos leitores que nos seguem desde os primórdios, obrigado. Aos que nos conheceram agora ou faz pouco tempo, muito prazer – e obrigado também. Aos novos leitores do R7, bem-vindos.

E agradecimentos eternos ao Nagano, conselheiro e amigo de todos os dias, por ter se metido na maluquice comigo 🙂

Nagano comenta: Caramba… já se passaram 9 anos de gente (ou 63 anos de cachorro ou 42 anos de internet) mas tudo bem já que — cá entre nós — bem antes disso eu já era meio véio, bobo e ranzinza.

Como sempre, não tenho muito o que acrescentar ao que o Henrique já disse sobre nossa jornada on-line e, no geral, não lamento de ter saído de uma “grande editora” para trabalhar por conta já que, no final, ela nem era mais tão grande assim e meus sucessores no cargo não tiveram uma carreira melhor e/ou mais divertida quanto a minha.

Trabalhar/criar conteúdo original também tem lá suas vantagens, já que isso nos permite passar a perna na concorrência na hora de publicar alguns furos que às vezes rodam o mundo, como foi a primeira aparição pública do ThinkPad Tablet ou outras que ficam só por aqui como o fim do casamento da Lenovo com a CCE. E mesmo notinhas mais banais como nosso hack de lente também é notícia ali e acolá.

E em comemoração a este dia — e para injuriar o Henrique — vou cometer um pecado mortal aqui no  Ztop+Zumo e dar um cut-and-paste (com imagem e tudo) de outra nota que vi na web:

Agradeço a todos que até hoje acreditaram no nosso taco e na proposta deste blog tocado por dois cabeças-duras, as gerências de comunicação e  assessorias de imprensa (pela atenção e paciência), o mercado de TI como um todo (pelo respeito e consideração) e todo mundo que desde o primeiro dia nos trataram como um veículo de comunicação de verdade.

E como sempre, obrigado a todos aqueles que gostam do que escrevemos, a todos aqueles que não gostam do que escrevemos e até mesmo a todos aqueles que não estão nem aí para o que escrevemos.

Acredito que a maioria gosta. E para aqueles que discordam — sorry rapeize — a gente é assim mesmo!

pateta_donald

[ Fonte ]

Na verdade, é a segunda vez que cometo esse pecado.

Yeah baby, I’m bad…

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos