Números enormes: banda larga para poucos em SP

N

A Telefônica anunciou hoje que, a partir de janeiro, 40 mil residências na região dos Jardins e bairros vizinhos, em São Paulo, poderão ter a conexão do Speedy via fibra óptica de até 30 MBps para download e 5 MBps para upload. Os felizardos (que devem pagar caro por isso) têm que morar na área entre as avenidas 9 de Julho, Paulista, Dr. Arnaldo, Paulo VI, Teodoro Sampaio e Faria Lima. Espero que não tenha trafic shaping para quem usar o serviço. Se pensar direito, entre os mais de 1 milhão de assinantes de Speedy, 40 mil casas/apartamentos são um pingo no oceano. Mas já é um bom começo. 

A empresa, da qual não sou cliente, investiu R$ 123 milhões em infra-estrutura. Os testes já estavam em andamento desde outubro. Quem usar a nova rede terá planos de voz ilimitados para chamadas locais e de longa distância (fixo para fixo) dentro do estado de São Paulo.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos