ZTOP+ZUMO 10 anos!

Números enormes: a vitória dos “MP4″

Eu sou contra o uso do termo “MP4” (e suas variantes MP5, já se fala em ‘mp6’) porque dá a falsa idéia de que é uma evolução do MP3. Ficaria bem mais fácil usar o termo ví­deo, certo?  Bem, de acordo com uma nova pesquisa da In-Stat, os “portable media players” vão passar os MP3 players em vendas até o fim de 2008 – isso sem contar as vendas de aparelhos celulares que tocam música e ví­deo.

Segundo a pesquisa, apenas 11% das pessoas que compram um aparelho hoje capaz de reproduzir ví­deo usam essa funcionalidade (imagino a razão: é complicado converter o arquivo!). Mas a justificativa para o crescimento vem do fato de esses componentes estarem cada vez mais baratos para os fabricantes inserirem no produto final – vide o iPod video, por exemplo.

Em 2006, foram fabricados 182 milhões de unidades de MP3 players e “MP4” players. Esse número vai chegar a 275 milhões de unidades em 2011, segundo o In-Stat. Meu “video player sonho de consumo” é o Nokia N800, que roda DivX sem nenhum problema… e acessa a internet!

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Até concordo com os MP4, já que teoricamente eles tocam MPEG4 (apesar de que quase nenhum MP4 toca MPEG4 de verdade, só formatos muito estranhos…)

    Mas MP5, MP6 e MP(x 1) é dose…. Puro marketing…