ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Números enormes: 41,1 milhões de acessos em banda larga móvel no Brasil

Ainda reclama que sua operadora está entupida e sua internet no celular ficou lenta? O motivo é simples: o número de acessos em banda larga móvel no Brasil dobrou de 2010 para 2011, de 20,6 milhões de acessos por mês para 41,1 milhões no último ano, de acordo com o último Balanço Huawei, divulgado hoje em São Paulo. Mas a internet móvel continua cara e ainda tem espaço para crescer, numa visão geral.

Na prática, os 41,1 milhões de acessos na média de 2011 significam uma densidade de 21 acessos para cada 100 habitantes. Em fevereiro deste ano, o número já pulou para 24,1 acessos/100 habitantes (ou 47,2 milhões de acessos por mês). A média dos países desenvolvidos é de 56,5 acessos/100 habitantes. Segundo o estudo, a maioria dos acessos já é feito por smartphones.

E se acha o número de 2011 grande, a tendência é aumentar ainda mais: a consultoria Teleco, que produz o estudo em parceria com a Huawei, prevê que em 2012 o número deve chegar a 73 milhões em 2012 e a 124 milhões em 2014.

Além disso, a cobertura de banda larga móvel no país já atinge 84% da população brasileira (o que significa estar presente em 48,6% dos municípios brasileiros). O estudo diz ainda que 100% das cidades brasileiras com mais de 500 mil habitantes têm cobertura de banda larga móvel.

Os preços, porém, continuam altos no Brasil: um plano de dados de 500 MB custa, em média, R$ 56,20, contra R$ 26,82 no México (Movistar) ou R$ 30,17 na Argentina (América Móvil). Um plano de 2 GB no Brasil custa R$ 84,90, contra R$ 61,04 na Espanha (Movistar) ou R$ 44,06 no Reino Unido (Vodafone).

Já na banda larga fixa, o Brasil já é o oitavo maior país em quantidade de acessos: 16,5 milhões (contra 13,8 milhões no ano anterior). Na projeção da Teleco, esse número deve chegar a 20 milhões este ano e 30 milhões em 2014 – ou 15 acessos a cada 100 habitantes no ano da Copa do Mundo no Brasil. Em comparação com a banda larga móvel, a banda larga fixa está muito mais presente em todo o país: 99,8% dos municípios brasileiros têm acesso a serviços de internet rápida.

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • dnmessias

    Ou seja, já existe uma economia de escala. Portanto não há impedimentos para a diminuição dos valores cobrados. eu sei que empresa não é instituição de caridade, mas o que se cobra por serviços de internet móvel no Brasil é vergonhoso.

    • duhehe

      tudo aqui no brasil é muito caro

      antigamente se podia fazer um grande lista das coisas que são mais baratas

      Hoje nas grandes cidades não existe mais nada barato.

  • pena q a infraestrutura não acompanha esse crecimento. :/

    ainda querem cobrar do Google um percentual pelo uso do site de buscas, para "melhorar" a qualidade do serviço.

  • Ely

    Mas nem dá para comparar os preços daqui com Espanha ou Reino Unido, por exemplo, considerando a velocidade entregue…

    • Lord_GlaSs

      Pelos estamos já indo pra um preço mais Baixo, a TIM foi pioneira nisso, não defendo operadora, mas tenho que reconhecer, primeiro foi o TIM Turbo por 2,90 40MB, depois o infinity web 0,50 ~10MB/dia
      agora 500MB a 1MB de velocidade por RS35 ea redução pós franquia é para 100Kpbs
      nas outras são entorna de 29,90 mas o máximo que dão são miseros 150MB com redução para 64KB
      fora a outra dá internet em dobro, que é 250MB porem vem exedentes…

      e os planos de 49,90 (800MB) e 79,90 (2GB) na TIM não tem limite de velocidade, é o maximo que a rede alcançar
      até 3,6MB ou seja download de 300kbs quando se ter sorte!

      • duhehe

        o problema disso é que em grandes cidades essa velocidade fica ridicula devido ao numero de gente pendurada nela, sem que a operadora faça upgrades na rede.

        A tim aqui em sampa é uma porcaria … ver videos do youtube por 3g é missão impossivel

  • Pode ter banda larga fixa com cobertura em quase todos os municípios… pena que não pra todos.
    Já à alguns meses tento contratar ADSL de 2 operadoras distintas, e ambas sempre informam que não tem portas disponíveis. 🙁

  • Carlos – RS

    Tenho internet 3G da claro, pago 160 reais (era 200, mas se tem 20% de desconto) mensais por 20 GB (na verdade é 10 GB, mas tem promoção do "dobro", resumindo… 8 reais por GB) de acesso e velocidade média de 2 Mbps.

    Mais barato que na inglaterra que é 20 reais / GB