ZTOP+ZUMO

Números enormes: 1 mi de iPhone 4S vendido em 24 horas

E pra quem não acreditava no iPhone 4S, a Apple acabou de anunciar que o novo aparelho atingiu, em apenas um dia, a marca de 1 milhão de reservas na pré-venda nos Estados Unidos.

São 400 mil aparelhos a mais que a versão anterior, o iPhone 4, lançado em 2010.

Em um comunicado, Phil Schiller, vice-presidente de marketing mundial da Apple, disse que “estamos surpresos com a incrível resposta do consumidor ao iPhone 4S” e que “o primeiro dia de pré-vendas do iPhone 4S foram as maiores de qualquer outro novo produto lançado pela Apple, e estamos entusiasmados que os consumidores amam o iPhone 4S como a gente”.

O iPhone 4S chega às lojas nos EUA na próxima sexta-feira, dia 14, já com iOS 5 (mais sobre ele no ZTOP esta semana), câmera de 8 megapixels, processador A5 dual-core (igual ao do iPad) e acesso ao serviço iCloud.

Os preços sugeridos são de US$ 199 para o modelo de 16 GB, US$ 299 para 32 GB e US$ 399 para 64 GB de armazenamento, com contrato com as operadoras AT&T, Sprint e Verizon Wireless nos EUA. Uma versão GSM desbloqueada começa a ser vendida em novembro.

Até o final do mês, o aparelho será lançado em mais 22 mercados, mas não há previsão ainda para lançamento no Brasil.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Dude! 10/10/2011, 12:58

    Acho que é interessante notar o seguinte: o iPhone 4, no seu lançamento, tinha só a AT&T como operadora.
    Agora o 4S tem além da AT&T a Sprint e a Verizon – mais ou menos 160 milhões de usuários a mais nesse lançamento.

  • Ely 10/10/2011, 14:58

    Vendeu pouco frente à massiva exposição em todos os meios de comunicação nos últimos dias em decorrência da morte do Jobs. Mais propaganda que isso nenhum produto vai conseguir por tão cedo.

    • hugosilva 08/11/2011, 09:20

      Como se a Apple precisasse de massivas propagandas fúnebres pra vender…