ZTOP+ZUMO

Notas da Zumo-caverna: Qual a polaridade da nova tomada brasileira?

Estava aqui no fim do feriadão de carnaval tomando conta aqui do forte quando eu li um comentário realmente interessante sobre o novo padrão de tomada nacional do nosso leitor Alfredo Vitali:

Minha dúvida é: no padrão monofásico antigo (2P + T) , isto é: Fase, Neutro e Terra a FASE é localizada na tomada na parte direita superior em relação ao terra (no formato de uma carinha). Não encontrei referencia nas “Normas” qual a localização da FASE na nova tomada de três pinos (aquela hexagonal achatada, com o pino terra no centro). Devo usar a mesma analogia, considerando o pino terra na posição mais baixa e o pino Fase à direita?

(Resposta depois do clique)

Para quem não sabe o que o Alfredo está dizendo, na tomada padrão americano a posição da fase (Live) fica no furo quadrado à direita se usarmos como referência o pino terra (Earth) posicionado para baixo. Note que mesmo nas versões sem aterramento o ainda é possível identificar o neutro (Neutral) da fase por que esse último tem um furo ligeriamente menor, o que impede inserir o plug com os pinos invertidos:

Como estava com preguiça de pesquisar na web, achei que a melhor maneira de resolver essa dúvida era desmontar um adaptador de tomada padrão americano para o nacional produzido pela SMS. Como esse produto vem de um grande fabricante local de sistemas de energia e já vem com o selo do Inmetro, acredito que eles saibam o que estão fazendo:

Dando uma olhada na posição interna dos pinos (confirmado por meio de teses de condutividade com meu multímetro) dá para se ver que existe uma correspondência direta entre o padrão americano e o brasileiro: o conector neutro à esquerda e a fase à direita. A única curiosidade fica por conta do terra que passa de uma posição baixa para uma posição alta. O motivo foge completamente ao meu bom senso:

Assim, acredito que a polarização correta da tomada nacional ABNT NBR 14136 seja a seguinte:

Ou seja, se utilizarmos a analogia da carinha proposta pelo Alfredo, imagine agora que ela agora seja de uma entidade com um terceiro olho místico, provavelmente de algum guru ou fã de anime que conseguiu convencer os tecnocratas do governo que precisávamos de um novo padrão de tomada.

Observe porém que pelo que tenho visto no material do Inmetro, me parece que está sendo convencionado que a posição correta e/ou oficial e/ou sugerida da tomada na parede é que o plug do terra fique na parte de baixo (como se a carinha estivesse falando “ôooo…”). Nesse caso, o conector fase fica à esquerda e o neutro à direita.

Ainda em tempo:

Alguém já notou que na versão de dois pinos da tomada nacional não existe um meio simplese e prático de diferenciar a fase do neutro?

Minha dúvida é: no padrão monofásico antigo (2P + T) , isto é: Fase, Neutro e Terra a FASE é localizada na tomada na parte direita superior em relação ao terra (no formato de uma carinha). Não encontrei referencia nas “Normas” qual a localização da FASE na nova tomada de três pinos (aquela hexagonal achatada, com o pino terra no centro). Devo usar a mesma analogia, considerando o pino terra na posição mais baixa e o pino Fase à direita?

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • dflopes 16/02/2010, 20:43

    bem vindo ao Brasil… E a piada maior? Fui ao chile e eles tem um padrão semelhante, com tres pinos alinhados sem rebaixamento, enquanto o terra brasileiro é mais embaixo e fundo (hã? o.0)

    A solução para usar carregadores americanos de nokia e motorola (com pinos chatos), um simples bejamin (TE), que, coincidentemente, tem a mesma distancia entre os pinos fase/neutro…

    Será que isso não é uma solução para o padrão nacional? Encher a casa de TEs?

    P.S.: eu sempre conseguia enfiar a tomada de forma invertida no padrão americano (pinos chatos), mas qdo tirava a tomada, saia tudo…¬¬`

  • cesarcardoso 16/02/2010, 21:08

    Será que ler o 'original', o IEC 60906-1, ajuda a resolver o mistério? (Afinal, acho que ninguém quer pagar 70 reais pra ABNT pra ler o NBR 14136, né?)

  • Rubem 16/02/2010, 21:27

    No americano a gente sempre lembra o NFT, Não F*da o Técnico, no padrão novo, que segue o know-how dos novos técnicos e a degringolada do portugues graças ao twitter, muda o autor comum das bobeiras, passou a ser (Com o GND em baixo) "F*da Não, Téco".

    Estou até usando eles pra solar, em 12V DC, 3P nos plugs exigem polaridade, e 2P nos plugs com uma ponte retificadora pra não ter problema com polaridade.

    Sem falar que as fontes ficam efetivamente 'encaixadas', enquanto no americano ficam foló (Folgado, froucho, soldo, mal encaixado).

  • Aylons 17/02/2010, 02:53

    Não sei de onde veio a imagem do Teo Rodrigues, mas a resposta é simples: o padrão brasileiro, como a maioria dos padrões modernos, não tem padronização de polaridade. Isso porque o dispositivo NUNCA deve confiar na presença de um neutro, já que este pode não existir (tomadas com 2 fases são comuns no Brasil). Além disso, inversões de fase e neutro são comuns em instalações elétricas e não intereferem no funcionamento de equipamentos bem feitos.

    Por isso, nem adianta pensar nisso. Engenheiros fazendo instalações elétricas não precisam observar nenhuma orientação no padrão de fase e neutro.

    • Teo Rodrigues 17/02/2010, 15:01

      Sugiro ao amigo dar uma lida na matéria abaixo que enfatiza a importancia do aterramento nas instalações elétricas em geral. Outra. A inobservancia das normas da ABNT pertinentes anula a garantia de qualquer equipamento afetado.

      "… Você já tomou choque ao abrir a porta de uma geladeira? Isso ocorre caso o potencial elétrico da carcaça da geladeira não é igual a zero. Como você está com os pés no chão (que possui potencial zero), haverá uma diferença de potencial entre você e a geladeira, que criará uma corrente elétrica tão logo você encoste na carcaça metálica da geladeira, fazendo com que você sinta o choque.
      Esse mesmo tipo de problema pode ocorrer com o gabinete do seu computador ou com qualquer equipamento elétrico ou eletrônico que possua carcaça metálica…. "

      Fonte: http://www.clubedohardware.com.br/artigos/457

  • Rodrigo 17/02/2010, 02:56

    Não é por nada não, mas alguém já viu algum eletrecista, ou construtora, preocupado com qual fio é o neutro e qual é a fase na hora de construir ou montar alguma coisa?

    • Teo Rodrigues 17/02/2010, 14:40

      Eu ja vi sim. Infelizmente apenas 20% deles fazem a coisa certa. Cheguei ao percentual aleatório baseado em 15 anos de batente na área. E não é so eletricista não; ja vi engenheiro eletrônico formado pelo ITA fazendo gambiarra ( usando o fio neutro como terra numa tomada, em detrimento do fio terra ali presente ).

  • André 17/02/2010, 03:02

    Essa tomada da jabuticaba?!?!?!

  • Teo Rodrigues 17/02/2010, 00:52

    Respondendo a pergunta do nobre blogueiro segue uma figura que ilustra a polarização correta do novo padrão de tomadas, de acordo com a ABNT NBR 14136:2002:

    [IMG]http://i50.tinypic.com/jjmibo.jpg%5B/IMG%5D

    • mnagano 17/02/2010, 08:34

      Quem diria, acertei…

      • Teo Rodrigues 17/02/2010, 16:54

        Parabens! Acertou na mosca! O desmonte do adaptador deu resultado… rsrsrs

  • Jason 17/02/2010, 15:36

    Hoje estive numa loja de artigos elétricos e o vendedor comentou que, depois da tomada brasileira, vem outra novidade aí: as lâmpadas incandescentes já estariam fora de linha, sendo totalmente substituídas por lâmpadas eletrônicas em 2 ou 3 anos….
    Procede?

  • sergio 17/02/2010, 17:39

    Como disse o Aylons, não há como obrigar a polaridade já que é bem comum no Brasil termos duas fases na tomada. Quase todas as cidades com padrão 220v optam por este arranjo, ainda que em alguns lugares é possível que haja 220 com fase e neutro.

    Aliás, por falar em padrão, sabiam que o padrão "oficial" do Brasil (válido para novas localidades) é 220v?

    • Soares 07/03/2011, 12:15

      Nao é "alguns lugares" — a maioria do Brasil é 220v com fase e neutro sim. Apenas nas areas de influencia da antiga Light e de geradores americanos a tensao é 110v (maioria do estado de Sao Paulo e RJ, parte de Manaus, Salvador…).
      Mesmo em SP alguma lugares do interior sao 220v. É lamentavel que em informatica quase tudo venha com 110v e tomada americana – um desrespeito – pois la fora os equipamentos vem com tensao e tomada do pais. POde pegar um catalogo Dell, Lenovo, etc. ha opcao de cabos.

  • Edy 18/02/2010, 01:24

    Uma coisa é certa. O novo padrão impõe aos fabricantes, mesmo que indiretamente, uma maior robustez no material utilizado e o melhor: o encaixe perfeito e a distância do contato evita ou pelo menos diminui a possibilidade dos pequenos traquinos levarem choque.

  • Daniel 19/02/2010, 12:01

    Esse blog apresenta informações relevantes sobre polarização.

    http://www.eriberto.pro.br/blog/?p=142

  • Marco Aurélio 19/02/2010, 15:22

    Teo, o Aylons questionou a presença e posicionamento correto do neutro e não do terra. É comum é lugares onde a tensão é de 110v ligar uma tomanda com duas fases em vez de fase neutro para se obter 220v.

  • Jorge 24/02/2010, 04:04

    e se tirar o pino do meio teria problema??

    • Antonio Santos 25/02/2010, 17:03

      Tirando o pino do meio ficará sem o terra.
      Lá nos idos dos anos 70 era mais difícil encontrar tomada (a da parede) no padrão americana.
      Então era muito comum o pino do terra dos plugs ser arrancado.
      Em mesmo devo ter serrado uns 20.
      Mesmo hoje é muito difícil você encontrar uma tomada que, mesmo tendo a furação do terra, tenha o fio terra ligado. O normal é "tem o furo do pino do terra, mas o fio terra não existe, não está conectado".

  • Thomas 01/03/2010, 21:16

    Metodo simples e pratico de diferenciar a Fase do Neutro:
    Com um mutimetro na escala V Altenada mais sensível, pegar com a mao uma das pontas de prova do mesmo e a outra ponta de prova irá num dos pinos da tomada. Aquele que aparecer leitura é o Fase, o que nao der leitura é o Neutro. Funcionou sempre.

  • Ochato 02/03/2010, 12:23

    Comprei umas tomadas do novo modelo esse fim de semana e elas vieram com um "N" no furo que deve ser colocado o neutro e o desenho que vc colocou no post bate com as tomadas que comprei.

  • Silvio 17/09/2010, 19:32

    Espero que não fiquem só no novo padrão de tomada, que fiscalizem a qualidade e correção das instalações elétricas, adaptadores e extensões.
    Mário Nagano, você teve a sorte de pegar um adaptador com polarização correta como este da SMS. No adaptador da Daneva há uma inversão da polarização pois o terra na nova tomada está do mesmo lado que no padrão antigo.

  • Silvio 17/09/2010, 19:34

    Se o pino terra for retirado o equipamento perde a garantia e o risco de choque é maior.
    Não respeitar a polarização e não ter terra, também pode levar à queima do equipamento ou parte dele. No caso de 2 computadores em rede, se 1 estiver com a fase na polarização certa e o outro invertida com o neutro, desconecte o cabo de rede e meça com um multimetro a diferença de tensão entre os terras. Pode chegar a 60 V. Voce pode ter o computador ou a interface de red e pifada ao conectar o cabo de rede.
    Há sim, eletricistas qualificados que seguem devidamente as normas de polarização. Há padrão até para cores de fios a serem usados para fase, neutro e terra, para que não haja inversões.
    Não respeitando estas normas que são requisitos técnicos, os equipamentos eletronicos podem apresentar mal funcionamento, ou problemas prematuramente ou mesmo pifar.

  • Jesse James 05/10/2010, 19:37

    O povo brasileiro tem a mania de criticar antes de saber os motivos.
    Muita gente pergunta porque não adotaram um padrão mundial mas adotaram um padrão brasileiro?
    R.: Porque não existe tal padrão mundial.
    Por que o plugue chato estilo americano não é aceito no padrão brasileiro?
    R. Porque ele é inseguro. Muitas vezes engancha nas tomadas.
    As minhas tomadas antigas vão servir?
    R. Sim, contanto que sejam com pinos redondos e em formato hexagonal (muitos fabricantes já fazem assim.
    Por que o Brasil mudou o padrão?
    R. Na verdade não havia padrão, era o samba do crioulo doido. Agora há não só um padrão mas uma norma que proibe a fabricação de tomadas fora do padrão e da norma técnica estabelecida.

    No mais tomem cuidado. Eu mesmo ainda não achei adaptadores com a polarização de três pinos correta. E ainda achei tomadas duplas onde a de cima o pino é pra cima e a de baixo o pino é pra baixo levando o eletricista a ligar as duas com o terra e o fase trocados. Muito bom o tópico.