ZTOP+ZUMO 10 anos!

Notas da Zumo-caverna: ASUS Express Gate

asus_expressgate_intro

Resolução de ano novo 2009: Durante a realização dos testes de produtos, de vez em quando topamos com alguma coisa diferente ou muito interessante que até valeria um destaque maior em um review, mas que às vezes é reduzido a umas poucas palavras — ou até mesmo deixado de lado — para não esticar um texto que já não costuma ser pequeno, diga-se de passagem.

Por causa disso, à partir de hoje eu inicio um novo tipo de post intitulado “Notas da Zumo-caverna” onde anteciparemos algo que vimos de interessante (ou não) nos produtos que estão aqui na bancada antes da análise final. Espero que nossos leitores apreciem essa iniciativa e que palpitem como sempre.

O assunto de estreia é um recurso no mínimo curioso que vi na placa-mãe  ASUS P6T Deluxe que está aqui no Zumo: o ASUS Express Gate, uma suíte de aplicações gravadas na própria placa que permite acessar diversas tarefas básicas — como nevagar na web, trocar mensagens ou até mesmo fazer ligações no Skype sem ter que carregar o sistema operacional do disco. Basta ligar o equipamento, esperar alguns segundos e já ir se comunicando.

asus_expressgate_main_small

Desenvolvido pela empresa Device VM Inc. o Express Gate é baseado no SplashTop, um ambiente de trabalho baseado em Linux que já está presente em diversos produtos — em especial em netbooks e notebooks — sendo a ASUS a pioneira a adicionar esse recurso em placas-mãe e nettops. Ele pode ser ativado por meio de um botão de atalho ou durante o processo de boot. Caso o usuário não se interesse pelo recurso, basta desativá-lo na BIOS da placa-mãe.

A grande sacada dessa solução é que ela já vem configurada para funcionar corretamente com o hardware que o acompanha, facilitando assim o acesso à suas portas de rede e até mesmo ao conteúdo do disco rígido. O produto já vem traduzido para o português de portugal (ô pá!)

O Express Gate oferece quatro aplicações principais: um navegador web (aparentemente baseado no Firefox), um serviço de joguinhos online e um simples gerenciador de imagens que não possui ferramentas de edição, mas oferece uma ferramenta de upload direto para o Flickr. Além disso, o usuário tem acesso ao Chat, um cliente universal de mensagens instantâneas (baseado no Pidgin), e ao serviço de VoIP Skype. Note que o navegador pode ser uma porta para mais aplicativos disponíveis on-line como o Google Docs.

Num mercado marcado pela mesmice dos recursos, o Express Gate pode ser um recurso interessante e até util para aqueles que precisam fazer algo rápido na web, apesar de que só o tempo e a experiência de uso poderá dizer se esse recurso é algo conveniente ou apenas uma moda passageira.

Entretanto, fica registrado aqui o meu receio de que alguns integradores podem ver nesse recurso como uma oportunidade de cortar custos,  colocando no mercado um computador com Expres Gate e sem instalar um sistema operacional no disco, o que até onde eu sei é obrigatório por lei.

Tenho certeza que o pessoal de Redmond vai dar pulos de ódio se isso acontecer. Agora, fico pensando o que o pessoal de software livre acha dessa solução.

Algum comentário?

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Peter

    Eu achei fantástico! É muito chato ter que esperar o SO carregar, com todos os zilhões de apps que iniciam junto, só para checar seu e-mail. Senti falta de um player de vídeo: vc poderia ver a algum filme em dvd sem precisar do sistema. Se não me falha a memória, já vi algo parecido com isso na linha Vaio da Sony. Flw pessoas.

  • Claudio do Nascimento Graça

    Ola responsável pelo Blog e leitores em geral, primeiro quero elogiar a iniciativa do responsável por esse blogue.

    Não sobre apenas notebook, más também desktop que em geral vem com um tipo de SO já instalado de fabrica, sempre que eu pesquiso preço eu me deparo com um SO já instalado e quase sempre algo da MS, seja notebook ou Desktop.

    O primeiro incomodo é claro no bolso, de quem compra, um SO instalado se for MS esse será incluso no preço final do produto e nem sempre a forma com a qual esse HD foi formatado será eficiente, isso inclui também a performance do sistema em geral, SOM, VIDEO REDE E PROTEÇÃO.

    Esse recurso da ASUS é interessante e vem para agradar e desagradar, as leis devem ser respeitadas e obedecidas, más também podem ser mudadas pelo próprio governo para se adaptarem a época atual.

    Antes da ASUS, quem quisesse usar um computador sem sistema instalado no disco tinha que saber criar ou conhecer alguém que soubesse criar uma coisa conhecida como CD LIVE baseado em LINUX ou MS.
    Nessa o usuário leigo sempre saíra perdendo tanto tempo como dinheiro.
    FIM DO COMENTÁRIO

  • Everton

    Com o Express Gate/SplashTop estamos chegando no momento em que uma atualização de BIOS vai deixar de ser opcional.

    E se o Skype bloquear o acesso da versão 2.0 à sua rede (digamos que é a versão disponível no splashtop)
    Daqui a pouco o Firefox 3.0 fica velho e já não abre mais o google docs, gmail e google reader de forma satisfatória, vamos precisar atualizar a BIOS pra ter as versões novas desses softwares.

    Possíveis problemas? Dificil de acontecer?

  • Oi Everton,

    Acredito que, com o tempo, o Express Gate possa ser atualizado (assim como suas aplicações) do mesmo modo que fazemos hoje com a BIOS.

    Com relação ao player Peter, o SplashTop oferece um tocador de música (mas não de vídeo). Agora, não me pergunte por que ele não foi incluído na versão da ASUS.

  • Roberto

    Cara podia vir com um antivirus do tipo do CLAMAV, algo de extrema utilidade para quem quiser varrer o HD com WIndows.
    Agora se tem instalado Linux no HD, esquece esse não precisa.

  • Srs

    Além do vídeo, tb senti falta de um forma de carregar o sistema por trás dessa interface. Vc ficaria usando o Express Gate enquanto o linux/win carrega em segundo plano.

    Já tem preço para essa criança no BraZil? E que processadores aceita?

    @Everton,
    tenho uma asus P4P800x que tive que atualizar a Bios para um upgrade de processador – o mais incrível que só com o disquete!!!! (Já pensou se tivesse jogado fora as cream cracker pretas?!)

    @Peter
    Uso um toshiba satelite na empresa que tem um sistema de boot instantaneo para multimidia – video, foto e musica (mas não internet) – e usa um sisteminha linux.

  • Teo

    Quem falou em Anti-virus ai em cima tirou daqui Ó! A meu ver deveria ser o primeiro aplicativo a ser integrado nessa geringonça… para maior proteção do CMOS Setup de um possível ataque. Lembram do virus Chernobil?

  • Se por um lado é incrível, espero que este sistema seja bloqueado para executar qualquer tipo de arquivos. Como foi muito bem lembrado, o Chernobil detonou muitos computadores justamente quando começou a se permitir a um acesso à BIOS, sem serem tomados TODOS os procedimentos de segurança.

    Atualizar BIOS sempre é um problema. Um byte que não é gravado corretamente, e sua placa-mãe vai por água a baixo.

    Carga de SO nunca foi algo que matou ninguém. Se as pessoas REALMENTE quisessem máquinas que bootavam em menos de dez segundos, os sistemas operacionais seriam bem diferentes do que temos hoje.

  • troll

    Sobre as integradoras oferecem sistema sem SO, cabe uma boa discussao, pois afinal, você está com um linux na BIOS e querendo ou não o linux é um SO.

  • Kan

    Parabéns Nagano, go ahead!!! Zumo-caverna!!! =D

  • Luciano

    Eu sempre fui a favor de soluções inteligentes, rápidas e de baixo custo para usuários práticos, apressados ou sem dinheiro! Não carregar o SO seja qualquer distribuição do Linux ou um dos flavours do Windows para realizar tarefas simples, mandar um recado, ler um email ou abrir um site para pegar uma simples informação sem ter que passar pela chatice do boot é ótimo (na maioria das vezes é só o que eu preciso). Colocando nessa solução um editor de texto simples, ela se torna uma excelente ferramenta para um computador de baixo custo para ser utilizado em projetos de inclusão digital, por exemplo. Eu quero que o pessoal de Redmond perca o pouco dos cabelos que restaram no cabeça da empresa. 😉

  • Alexandre Cobra

    Os players de música e vídeos não foram incluídos provavelmente por causa do “problema padrão” de copyright dos codecs.

    Eu curto o express gate, mas nunca usei ele como uma ferramenta de repair do mswin.

  • Maudy

    Enfim pessoal, o sistema é bom, e pra quem mencionou atualização do express gate, sim, ele sofre atualizações tanto em sua versão SSD onboard(sem necessidade de hd ou sistema) ou na versão Lite instalada depois do windows em hd. Em breve haverá uma versão única para as duas versões e com suporte ao idioma português brasil. Esperem pra ver. Bom Review Nagano…

  • elvis

    quanto a atualizar, ele é um programa que é instalado no windows, entao só eh atualizar no windows, lá ficam os arquivos dele, e no boot eles sao carregados a partir de lá, mas a bios tem o SO puro dentro dela.
    até agora so axei ruim pq no youtube ta dando erro na hora de carregar os videos, o resto ta funcionando certinho.
    u cmo sou preguiçoso vou usar muito, ja que abre o msn e a internet, so me falta um player de audio.

    flw

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Placa-mãe Asus P7P55D-E Premium()

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Motherboard Gigabyte GA-H55M-UD2H()

  • Pingback: Review: placa-mãe Gigabyte GA-H55M-UD2H | Leandro Pintor :: Tecnologia, Dicas, Desenvolvimento, Redes, Java, Delphi()

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Netbook Asus 1201T (com AMD Athlon Neo)()

  • Pingback: [pré-CES 2012] Lenovo anuncia Thinkpad com ARM e ultrabook corporativo()

  • Pingback: Como funciona o Android no Lenovo X1 Hybrid()