ZTOP+ZUMO 10 anos!

Nokia vira empresa de internet (ou quase)

OviA Nokia fez hoje em Londres talvez um dos principais anúncios para uma empresa de celulares (ops, computadores móveis) que teoricamente nada tem a ver com seu negócio principal. Já faz um certo tempo que eu ouvia falar que a Nokia quer ser uma companhia de internet, e agora chega a primeira fase deste processo: www.ovi.com. O site ainda não está aberto aos internautas – é possí­vel apenas registrar seu e-mail para maiores informações.

Pelo que diz a informação oficial, “a Nokia anuncia hoje o Ovi, a nova marca de serviços para a internet da companhia. Com seu lançamento, a Nokia expande seu foco em aparelhos móveis para oferecer uma gama de serviços de internet. Ovi, que significa ‘porta’ em finlandês, vai permitir aos consumidores acessar com facilidade suas redes sociais existentes, comunidades e conteúdo, além de funcionar como uma porta de entrada para serviços Nokia”.

E quais são os serviços? Uma loja de músicas, o ressuscitado N-Gage como plataforma de games e um serviço de mapas. Ao que dá a entender, vai se integrar a outras redes sociais (aposto no Flickr, já que tem uma área de fotos no site, mas podem ser diversos serviços). O Ovi tem estréia em inglês prevista para o final de 2007 e em outros idiomas na primeira metade de 2008. Por enquanto, não há informações sobre o serviço em português. Segundo a Nokia, nos próximos 12 meses virão “novos serviços” que serão integrados ao Ovi.

***

Daqui a pouco eu falo dos celulares novos.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • A idéia é muito boa. Mas sabe quais são as chances da Nokia conseguir colocar essa plataforma no ar nos EUA? Muito poucas.

    Ao vender música barata (1 Euro a faixa, 10 Euros o álbum) e jogos, a Nokia está pisando no calo das operadoras, que controlam o mercado. Porque elas deixariam o cliente comprar uma MP3 por 1 Euro (ou US$ 1,50) quando podem forçar o cliente a comprar por 4 ou 5 dólares, travando o aparelho e se apresentando como a única escolha? E leve em conta que, no primeiro caso, o dinheiro vai todo pra Nokia. No segundo, vai pra operadora duas vezes: uma pela música, e outra pelo plano de dados pelo qual o usuário paga.

    As operadoras são o motivo do iPhone não ter acesso à iTunes Store, e não ser possível definir (pelo menos não de forma simples) sua MP3 favorita como ringtone. Foi algo no qual a Apple teve de ceder, para poder colocar seu aparelho nas lojas da AT&T.

  • Ah, e outra coisa… porque diabos a Nokia tem essa fixação pelo nome N-Gage? O console foi um fiasco, tanto por erros grosseiros no projeto do hardware quanto por falta de software (jogos) decente, e o nome ficou marcado na mente dos jogadores. É como a Ford lançar de novo um carro chamado Edsel (o maior fiasco de sua história).

  • Pingback: Blógê do @le » Blog Archive » Enquanto uns criam, outros inovam()

  • Pingback:   Nokia vai vender música no Brasil by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

  • Pingback:   A volta do Nokia N-Gage by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

Próximo post:

Post anterior: