ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Gadget do dia: tablet Nokia N1 (Android!)

Nem demorou: depois do Lumia 535, o primeiro smartphone Microsoft sem a marca Nokia, os finlandeses (que agora são uma empresa de infra-estrutura de redes, mapas, patentes e software) anunciaram hoje o Nokia N1, um tablet Android (5.0 “Lollipop”) com a interface customizada Z Launcher.

Preço estimado de lançamento por um clone do iPad mini? US$ 250, mas só em 2015.

Vale destacar as aspas da Nokia:

O N1 será lançado no primeiro trimestre de 2015 por meio de um acordo de licenciamento de marca com um parceiro fabricante original de equipamentos (OEM) que será responsável por fabricar, distribuir e vender

Na prática, é um produto criado sob os padrões da (velha) Nokia, mas que não será vendido, fabricado ou distribuído por ela. Pense nas inúmeras divisões da Philips, que licencia a marca para diversos outros fabricantes.

E o N1? Bem, é um iPad mini, né? É uma peça de alumínio de 6,9 mm de espessura com acabamento em “natural aluminum” ou “lava grey” (traduzindo: prata ou preto), com tela IPS de 7,9″ (2048 x 1536) e que usa (surpresa!) um processador Intel Atom Z3580 quad-core de 2,4 GHz. Tem ainda 2 GB de RAM, câmera traseira de 8 megapixels, Gorilla Glass 3 na frente para proteção contra riscos e arranhões e pesa 318 g.

Será vendido primeiro na China (óbvio), sem menções a outros mercados. Curioso perceber agora que a venda da divisão mobile pra Microsoft dizia que a Nokia não poderia lançar novos smartphones até 2016, mas aparentemente esqueceram de colocar a palavrinha “tablet” no meio.

[Nokia / Nokia N1]

nokia_n1_perspectives_-_body nokia_n1_perspectives_-_app

Screen Shot 2014-11-18 at 8.50.55 AM

nokia_n1_details_-_color nokia_n1_details_-_camera

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Ricardo Melo

    A nokia provocou legal a microsoft kkk
    Pelo jeito, assim que a Nokia puder usar seu nome numa futura divisão de celulares ela o fará.

    • Henrique Martin

      a data está marcada: fim de 2016… 🙂

      • Adriano De Lima

        O cronômetro está correndo….

  • ussantos

    Pelo visto a Nokia só cedeu a marca mesmo.
    Parece ser um bom tablet, mas em nada lembra um Nokia, design bem comum, lembra muito iPad. Se continuar assim, será apenas mais um, sem diferenciação.

  • Saulo Benigno

    Intel!! Oh noes!! O grande vilão dos Androids