ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Uma tarde no Rio (entre outras coisas) com dois smartphones-câmera

Fotografar com o smartphone é uma tarefa que se torna cada vez mais interessante, divertida e quase perfeita do ponto de vista da qualidade da imagem.

Desde o primeiro câmerafone – o já distante Nokia 7650, lançado em 2002 – os telefones passaram substituir a câmera portátil, para desespero das Canons, Nikons e Sonys da vida. É uma câmera, afinal, que sempre está no seu bolso, sempre aprimorada.

Duas opções extremamente opostas e interessantes estão à venda no mercado brasileiro hoje: o Samsung Galaxy S4 Zoom e o Nokia Lumia 1020. E eu levei os dois aparelhos para passear comigo em uma tarde no Rio de Janeiro (mas não pense que está livre de fotos de gatos).

Samsung Galaxy S4 Zoom

O Galaxy S4 Zoom é mais uma variante da família Galaxy S4 (aquela que tem um produto principal e vários subprodutos para tentar convencer o consumidor de que todos são iguais ao topo de linha – e não são).

2013-10-18-1096

É uma miniaturização da tecnologia usada pela Samsung na incrível Galaxy Camera, um modelo também pioneiro para os coreanos que unia câmera digital com o sistema operacional Android (e com acesso à internet, sem capacidade de fazer ligações). O S4 Zoom é um modelo menor e que serve também como telefone (aqui não vou falar nada sobre a parte “smartphone”, que é um S4 Mini mais fraquinho. O que interessa é a câmera).

O S4 Zoom, fotograficamente falando, oferece um zoom óptico de 10x (24-240 mm) em um produto que mais lembra uma câmera convencional point and shoot  do que um smartphone, com resolução de 16 megapixels, estabilização óptica de imagem em uma lente com abertura f/3.1-6.3.

O sensor CMOS utilizado tem o tamanho de 1/2.3″ – o equivalente a uma câmera compacta simples. E a câmera trabalha com variações de ISO entre 100 e 3200, fotografa em até quatro quadros por segundo em modo contínuo e filma em 1080p.

2013-10-18-1098

O design do S4 Zoom lembra mesmo uma point-and-shoot, com a lente protuberante na frente, uma empunhadura firme (porém pequena e que pode, com mãos maiores, encobrir o flash). Abaixo do corpo está um encaixe para tripé (devidamente protegido por uma borrachinha), e o aparelho (com a câmera ativada ou desativada) não consegue ficar apoiado sozinho – ele “tomba” para a frente, usando a lente aberta como ponto de sustentação.

Para controlar o zoom óptico é preciso girar o anel que fica na base da lente: é o maior problema do desenho do S4 Zoom, já que o fotógrafo precisa usar as duas mãos para segurar a câmera e girar o zoom. Em uma câmera point-and-shoot, esse controle estaria junto ao botão disparador.

A interface da câmera segue o padrão usado nos demais Galaxy. Oferece modos automático, para especialistas (P/S/M) e 25 modos inteligentes (como paisagem, HDR, panorama, noturno, macro, entre outros). A câmera não vem com apps adicionais para controle de imagem – é preciso caçar um novo no Google Play se quiser algo diferente nas fotos ou se esbaldar com os filtros do Instagram.

2013-10-18-1101

Apesar de ter um modo Manual, a velocidade mínima de disparo é de 1/30 (máxima de 1/2000), sem permitir muita possibilidade para disparar fotos de longa exposição, ISO máximo de 3.200. Todos os controles são feitos na tela, o clique pode ser feito com o botão disparador ou toque na tela – o botão disparador só começa a funcionar (e ativar a câmera) se a tela inicial do Android estiver desbloqueada.

O Samsung Galaxy S4 Zoom está à venda no mercado brasileiro pelo preço sugerido de R$ 1.499 em sua versão desbloqueada.

Nokia Lumia 1020

O Nokia Lumia 1020 é a evolução da proposta feita pela finlandesa com o 808 Pureview, lançado em 2012. Em vez de zoom óptico, o conceito aqui é usar um sensor grande (1/1.5″) de 41 megapixels que gera um oversampling de pontos, aumentando a nitidez e definição da imagem (entenda o que é Pureview). O sensor usado no 1020 gera pixels ligeiramente menores que o do 808 Pureview (1.12µm contra 1.34µm), mas isso não é exatamente um problema.

O resultado disso tudo é um aparelho fino, com um leve saliência na parte traseira. Aqui, o 808 Pureview ao lado do Lumia 1020:

WP_20131018_12_00_43_Pro

Na prática, o Lumia 1020 oferece um zoom digital real (graças ao oversampling) de 3x (algo como uma lente 25-69mm). O zoom é feito direto na tela ou ao editar imagens – o 1020 salva em uma versão de 5 megapixels para compartilhar e uma de  34 megapixels em proporção 16:9 ou 38 megapixels (4:3). Ou só em 5 megapixels, se quiser ocupar menos espaço no telefone.

Opa, 34 ou 38? E os 41 megapixels? Simples: o sensor de 41 megapixels é redondo – e ao “cortar” as imagens para 16:9 ou 4:3, reduz para 34 ou 38, de qualquer modo um número imbatível para um smartphone que pesa 158 gramas. E só a câmera usa 1 GB dos 2 GB disponíveis em RAM para o 1020.

O Lumia 1020 só fica parado em pé na vertical. Na horizontal, é preciso usar um acessório opcional, chamado Camera Grip (preço sugerido: R$ 199) que tem uma capa protetora, bateria extra, encaixe para tripé e um botão disparador adicional para o 1020.

2013-10-18-1103

O Lumia 1020 vem com três aplicativos de câmera instalados: o de câmera padrão do Windows Phone, mas o melhor é usar o Nokia Pro Cam (abaixo), que permite maior controle de imagem, incluindo exposição que varia de 1/16.000 até 4 segundos (!). Acredito que é a primeira vez que vejo um app de smartphone com tamanho controle sobre a fotografia a ser gerada – embora seja imprescindível o uso de luz de foco para ambientes escuros, sem precisar do flash – caso contrário o foco vai embora e não volta mais. O ISO máximo é 4000.

WP_20131018_10_58_33_Pro

Outro aplicativo exclusivo da Nokia é o Smart Cam, que permite criar efeitos nas fotos (múltiplas pessoas, melhor foto, remover itens). Um exemplo bacana é uma foto que publiquei no Instagram do ZTOP, curiosamente chamada de ataque dos clones.

O Nokia Lumia 1020 em sua versão com 32 GB de armazenamento já está à venda desbloqueado pelo valor sugerido de R$ 2.399. Uma versão de 64 GB deve ser lançada com exclusividade pela operadora Vivo, sem preço definido ainda.

As fotos

Durante o lançamento do 1020 no Rio de Janeiro na última segunda (14), levei o Galaxy S4 Zoom para acompanhar.

Deixei os dois telefones com as câmeras no modo automático, na resolução máxima – as primeiras fotos do S4 Zoom tirei em 3:4, depois percebi e troquei para 16:9.

A maioria das pessoas tira fotos do modo mais fácil, que é o automático. Ajustes e medições (ISO, exposição, balanço de branco) é coisa para fotógrafo. Por isso, ambas no modo auto, com uma ou outra exceção conforme citado. 

Pela ordem, a primeira foto é do Lumia 1020, a segunda do Samsung Galaxy S4 Zoom.

Resolvi, neste post, não mostrar os resultados de ampliação a 100% das imagens – pelo simples fato de a maioria das pessoas hoje, não imprimirem ou usarem a foto no tamanho máximo: é sempre reduzido para a web/redes sociais, certo?

Aqui, exportei as imagens em 990 pixels de largura.

As fotos em resolução máxima estão em dois álbuns no meu Flickr (S4 Zoom / Lumia 1020).

Veja as diferenças:

O jardim:

01 - nokia lumia 1020 - 01 01 - samsung galaxy s4 zoom - 01

Árvore e céu:

02 - nokia lumia 1020 - 02 02 - samsung galaxy s4 zoom - 02

Vista para o Pão de Açúcar:

03 - nokia lumia 1020 - 03

03 - samsung galaxy s4 zoom - 03

O Cristo.

05 - nokia lumia 1020 - 05

04 - samsung galaxy s4 zoom - 04

Mas o S4 Zoom consegue chegar perto dos barquinhos com sua lente de 10x:

05 - samsung galaxy s4 zoom - 05

O aeroporto: o zoom digital de 3x do Lumia 1020 cria uma bela cena, o óptico de 10x chega perto da pista do Santos Dumont.

04 - nokia lumia 1020 - 04 06 - samsung galaxy s4 zoom - 06

O retrato na paisagem (tks Rubia!):07 - nokia lumia 1020 - 07 07 - samsung galaxy s4 zoom - 07

A descida no teleférico:08 - nokia lumia 1020 - 08 08 - samsung galaxy s4 zoom - 08

A sala de máquinas antiga:09 - nokia lumia 1020 - 09 09 - samsung galaxy s4 zoom - 09

E o modelo do “bondinho”:010 - nokia lumia 1020 - 10 010 - samsung galaxy s4 zoom - 10

Como o evento da Nokia foi durante o dia, não deu para fotografar muito com condições mais baixas de luz. Fiz alguns testes em casa.

A gata na cama:

011 - nokia lumia 1020 - 12 011 - samsung galaxy s4 zoom - 11

A exposição noturna “simples” (duas câmeras em modo normal):

012 - nokia lumia 1020 - 13 012 - samsung galaxy s4 zoom - 12

Aqui, Lumia em 4 segundos de exposição e S4 Zoom em modo noturno:013 - nokia lumia 1020 - 14 013 - samsung galaxy s4 zoom - 13

O gnomo:014 - nokia lumia 1020 - 15 014 - samsung galaxy s4 zoom - 14

O gato vendo TV:015 - nokia lumia 1020 - 16 015 - samsung galaxy s4 zoom - 15

As pessoinhas no copo de pinga (sem flash):016 - nokia lumia 1020 - 17 016 - samsung galaxy s4 zoom - 16

As pessoinhas no copo de pinga (com flash): 017 - nokia lumia 1020 - 18 017 - samsung galaxy s4 zoom - 17

Em vídeo (feito ao mesmo tempo na subida do bondinho do Pão de Açúcar):

Conclusões 

A câmera do S4 Zoom deixa as fotos mais esbranquiçadas/lavadas – algo que precisa ser ajustado posteriormente em um editor de fotos. Sua grande vantagem? O zoom óptico que aproxima mais o objeto fotografado + telefone com Android; preço menor. Grande desvantagem? Seu sensor equivale a uma câmera portátil barata, e o hardware do smartphone não é equivalente ao superpoderoso Galaxy S4. É o famoso “dá para usar?” Sim, mas fique ciente das limitações. Como parece – e se comporta – como uma câmera mais simples, pode atrair o comprador que não quer fugir da sua zona de conforto (foto-clique-manda pro Facebook).

Bônus track pro S4 Zoom: o GIF animado que o Google+ faz com o upload automático:

20131014_170529-MOTION

A do Lumia 1020 deixa fotos mais naturais e nítidas, sem precisar ajustar o tamanho. Tem como vantagem a alta resolução e a opção de apps nativos da Nokia para brincar com a imagem – e é hoje o smartphone mais avançado da família Lumia. Muita gente torce o nariz para o Windows Phone, só que já é possível fazer o básico (E-mail, internet, redes sociais, joguinhos) do mesmo modo que no iOS ou Android. É um modelo bem mais arrojado, caro e que pode ter uma leve curva de aprendizado mais difícil para o consumidor médio – mas que não vai se arrepender dos resultados.

Em tempo: a Sony prometeu me enviar um Xperia Z1, com câmera de 20 megapixels, para review no final da semana que vem. Espero conseguir fazer um comparativo similar com ele e o Lumia 1020 (mas não no Rio de Janeiro!)

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin