ZTOP+ZUMO

Números enormes: Nokia 808 PureView no Brasil

O Nokia 808 PureView, a supercâmera de 41 megapixels da Nokia (que, por acaso, também tem funções de telefonia embutida), começa a ser vendido no Brasil em breve. E, como uma boa câmera, é um equipamento bem caro.

Diz a Nokia, por e-mail:

“O Nokia 808 PureView será vendido pelo preço sugerido de R$ 1.999 e está disponível na cor preta nas lojas físicas da Nokia, na loja online e nas redes de varejo Fnac e Fast Shop. A venda começa nas próximas semanas.”

Já explicamos aqui como funciona a nova tecnologia de câmera com 41 megapixels. A ideia, com a tecnologia PureView, é fotografar com o máximo de detalhes e com rapidez. O flash é Xenon, mas ao lado está um pequeno LED para iluminar durante a gravação de vídeos em alta definição (1080p a até 30 quadros por segundo). A lente Carl Zeiss tem boa luminosidade (f/2.4) e as fotos são salvas em formato JPEG.

O hardware do 808 PureView: o aparelho tem uma tela levemente curvada de 4″ (qHD, 640 x 360) Clear Black (para melhor visualização em condições de muita luz, como ao ar livre) recoberta por Gorilla Glass. Armazenamento interno é de 16 GB, expansível via cartões microSD. O câmerafone roda sistema operacional Nokia Belle.

Tem seus motivos para ser caro: tecnologia nova, não massificada e (alguém vai gritar) impostos altos por aqui. Lá fora é caro também – mais de 600 euros na Europa. Ah sim, aquela coisa de “perdi meu amor na balada” era disfarce pro lançamento do aparelho no Brasil (tem um vídeo loooongo explicando isso – e o M&M tem um bom texto que foge do uníssono “redes sociais odeiam a Nokia“)

Fotos do aparelho (clique para ampliar) tiradas durante o lançamento do 808 em fevereiro, no Mobile World Congress:

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin