ZTOP+ZUMO 10 anos!

Netgear traz linha ReadyNAS com BitTorrent integrado ao Brasil

Na semana passada tive a oportunidade de conversar com Sam Feng, gerente de produtos de armazenamento para redes (NAS) da Netgear, que esteve no país para trazer sua nova linha de produtos ReadyNAS voltados para usuários domésticos, grupos de trabalho e pequenas empresas e compatível com PCs com Windows, Mac OS e Linux.

Segundo o executivo, a empresa irá trazer três modelos: o ReadyNAS DUO (foto acima) com espaço para até dois discos SATA, o ReadyNAS NV+ para até quatro discos SATA e o ReadyNAS PRO para até seis discos SATA. Cada modelo pode vir com diversas opções de discos de 500 GB a 1 TB da Seagate com garantia integral da própria Netgear, ou seja, ela mesma se responsabiliza pela manutenção e reparo dos discos que ela vende.

No nosso caso, talvez o modelo mais interessante seja o ReadyNAS DUO (RND2150), um servidorzinho de apenas 10,1 x 14,2 x 22,2 cm (LxAxP) e 2,07 kg de peso (sem discos) com duas baias para discos SATA II (ou SATA 300), 256 MB de memória RAM SODIMM PC2700, 64 MB de Flash para manter o SO, três portas USB e uma porta de rede GIgabit Ethernet. Ele já sai de fábrica com um disco SATA de 500 GB com espaço para um segundo disco que pode ser usado tanto para aumentar a área de armazenamento quanto para espelhar dados, aumentando assim a segurança dos dados.

Como é comum nessas soluções, ele possui um gerenciador de rede baseado em Linux (com interface em HTML) especialmente customizado pela empresa e que incorpora uma variedade de recursos particularmente interessantes para o usuário doméstico.

Por exemplo, além de funcionar como um servidor de aquivos ligados numa rede local (de até 1 Gigabit) ele pode funcionar como um servidor de mídia (áudio, fotos e vídeo) já compatível com vários produtos do mercado como NETGEAR EVA8000, Logitech Squeezebox, clientes de iTunes da Apple, Sony Playstation 3 e Microsoft Xbox 360. Fora isso se o ReadyNAS tiver acesso pela rede a uma conexão de banda larga, é possível configurá-lo para oferecer seu conteúdo na Internet, de modo que seu(s) usuário(s) podem ter acesso ao mesmo de qualquer parte do mundo via HTTP/S ou mesmo FTP/S. De fato é até possivel criar uma home page pessoal para compartilhar fotos com amigos e familiares.

Talvez o recurso mais polêmico desse produto é a inclusão de um cliente BitTorrent no próprio equipamento, de modo que ele pode fazer o download de arquivos diretamente em seus discos e sem o uso de um computador. Segundo Feng, esse cliente é um software oficial desenvolvido em parceria com a empresa BitTorrent e não possui nenhuma limitação, filtro ou sistema de proteção que impeça o download de qualquer tipo de conteúdo. Ele acredita que eles estão fornecendo apenas a ferramenta e que a decisão de o que pode ou não pode ser baixado da web — ou mesmo gravado no disco —  deveria ficar a critério de cada pessoa e não da sua empresa, que cá entre nós deve ter mais o que fazer na vida.

Na minha opinião, isso é como vender facas no supermercado: ela pode ser usada para descascar laranja, cortar peixe ou mesmo ser enterrada nas costas de algum desafeto. É tudo uma questão de bom senso e juízo na cabeça.

Os produtos ReadyNAS devem chegar nas distribuidoras locais a partir das próximas semanas e o preço sugerido para o usuário final do modelo DUO (com 500 GB de disco) deve ficar em torno de US$ 1.000, do NV+ (com 1 TB de disco) US$ 2.300 e o PRO (com 3 TB de disco) US$ 6.000.

Esperamos em breve um modelo para testes aqui no Zumo.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Marcus Vinicius

    Os preços divulgados estão obviamente errados, não é?
    Ou o pessoal da NetGear enlouqueceu de vez?

  • Oi Marcus,

    Verifiquei o meu email da assessoria e os valores são esses mesmos. Observe porém que esses preços são estimados e que foram calculados na época em que o dólar estava subindo que nem foguete. Pode ser que esses valores sejam outros até chegar nas lojas.

  • Anderson

    Marcus,

    Louco esta vc, esse equipamento não como aqueles nas de 700 reais que tem no mercado, acho que vc só leu a parte dos valores e não os beneficios do produto, metado do governo dos estados unidos usa esse produto para garantir a segurança de seus dados.