Motorola Edge+: de volta ao mundo premium

M

Motorola Edge e Motorola Edge+: os dois novos smartphones 5G do pessoal de Chicago mostram uma volta aos Android topo de linha – exceção, claro, feita ao dobrável razr. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Em resumo: eu acho ousado para caramba a Motorola lançar um smartphone premium agora. OK, imagino que deveria ter sido um anúncio do Mobile World Congress, mas o MWC não aconteceu e… a pandemia global de Coronavírus deixou todo mundo em casa.

É ousado porque não sei se faz sentido (ao menos no Brasil) um aparelho que segue a onda de “fabricantes com telefones que custam mais de US$ 1.000”. Mas OK, estratégia da Motorola, visivelmente focada no mercado norte-americano aqui, por conta do 5G.

Motorola Edge+

O Motorola Edge+ vem com processador Qualcomm Snapdragon 865 e é o carro-chefe da linha nova, com uma linda tela OLED curvada nas bordas (a Moto chama de “Endless Edge”) de 6,7 polegadas com HDR10+ e taxa de atualização de 90Hz – a resolução é FHD+. O som estéreo foi desenvolvido com auxílio da Waves e a bateria é de 5.000 mAH (igual à do Samsung Galaxy S20 Ultra) com carregamento rápido de 18W.

São 12GB de RAM, 256 GB de armazenamento interno (UFS 3.0) e apenas um SIM card no Edge+. Ele tem nomes de cores incríveis: Smoky Sangria e Thunder Grey. Vale notar que os dois aparelhos têm “design que repele a água”, mas apenas o Edge tem certificação IP54. Ambos têm entrada para fone de ouvido 3,5mm.

A câmera é algo interessante, com um sensor de 108 megapixels na lente principal, mais um zoom com 8 megapixels de resolução e uma grande angular com recurso Macro Vision de 16 megapixels. A câmera frontal tem 25 megapixels, e a traseira é capaz de gravar em resolução… 6K (!).

Estou bem curioso com essa câmera, já que as imagens de divulgação (feitas para serem lindas, claro) são impressionantes, principalmente o modo noturno.

A tela com as bordas “escorrendo para os lados” se aproveita, segundo a Motorola, de um novo pacote de software chamado My UX, com gestos nas bordas e notificações nas laterais. Nos Estados Unidos, o Edge+ será vendido pelo preço sugerido de US$ 999, exclusivo da operadora Verizon.

Galeria de fotos feitas com o Motorola Edge+

Motorola Edge

O Motorola Edge é a “versão de entrada” com alguns recursos a menos. A tela e o som são os mesmos, mas o aparelho vem com plataforma Snapdragon 765, 6GB de RAM/128 GB de armazenamento (expansível com cartões microSD), bateria de 4.500 mAH e câmera principal de 64 megapixels. Tem lançamento inicial na Itália por 699 euros. Ambos aparelhos serão lançados na América Latina em “mercados selecionados” ainda este ano, nas cores Solar Black e Midnight Magenta.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

+novos