ZTOP+ZUMO

Números enormes: Moto Z (e Moto Z Play) chegam ao Brasil

Moto Z, o smartphone Android modular da Lenovo, começa a ser vendido hoje no mercado brasileiro. O aparelho chega em duas versões: o topo de linha Moto Z e o intermediário Moto Z Play, além de quatro acessórios que se encaixam na parte traseira.

Moto Z 

O Moto Z chega ao mercado nas cores branco/dourado e preto/prata e hardware com processador Qualcomm Snapdragon 820, 4GB de RAM, 64 GB de armazenamento interno (expansível com cartões microSD).

Veja nosso hands-on com o Moto Z

O kit de lançamento do Moto Z se chama Power Edition e vem com uma capa Moto Style Shell mais um módulo de bateria estendida Moto Snap Incipio offGRID Power Pack, com o valor sugerido de R$ 3.199. É um valor alto? Sim, mas o custo/benefício de acessórios compensa, pelo visto.

moto z - 3

O Moto Z também será vendido em kits com os demais Moto Snaps, os acessórios modulares:

screen-shot-2016-09-14-at-13-46-48

O kit com módulo de câmera Hasselblad chega em outubro apenas.

Em tempo: a Lenovo diz que a família Moto X continua a existir. 

Moto Z Play

Já o modelo intermediário Moto Z Play também chega às lojas/operadoras hoje, sendo vendido em kits parecidos ao do irmão maior.

Tem por dentro um processador octa-core de 2 GHz (Qualcomm Snapdragon 625), tela de 5,5″ Full HD Super AMOLED, 3GB de RAM, câmera de 16 megapixels com autofoco laser.

Segundo a fabricante, seu grande destaque é a bateria de 3.510 mAH, que o deixa mais espesso e pesado que o Moto Z (6,99 mm, 165 gramas contra 5,2 mm, 136 gramas).

Me pareceu uma alternativa inteligente da Lenovo em lançar o Moto Z Play em paralelo ao Moto Z: dá pra fazer com que o consumidor que não tem dinheiro pra pagar o high-end tenha uma versão mais acessível. Parte divertida? O Moto Z Play tem um conector 3,5 mm para fones de ouvido.

20160914_102536 20160914_102519 20160914_102459

Preços sugeridos:

O kit inicial do Moto Z Play sai pelo valor sugerido de R$ 2.199 com uma capa Moto Shell. Já que o Play tem mais capacidade de bateria, não fazia sentido vir com bateria externa, certo?

screen-shot-2016-09-14-at-14-05-35

Vale ficar de olho no Play, já que, mesmo com um preço pouco acima da média, ele entra na categoria mid-range desejada pelo mercado (e vai brigar com os Quantum Fly e o vindouro Zenfone 3). A conferir.

 

Moto Snaps

Os módulos que se encaixam na traseira do Moto Z e do Moto Z Play começam a ser vendidos separadamente a partir de outubro, incluindo o Hasselblad True Zoom (mais sobre ele mais… tarde!)

motosnaps-preco

[Motorola]

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Cesar Cardoso 14/09/2016, 15:21

    Tenho a impressão de que o preço do Moto Z está melhor ajustado que o preço do Moto Z Play.

  • Adriano De Lima 14/09/2016, 16:45

    Preços que fazem qualquer um chorar…… ;.;

  • Seu Madruga 15/09/2016, 01:43

    Vá tomar no …
    Parei de ler em 3200 reais!

  • Don Ramón 19/09/2016, 14:06

    Moto Z Play: o Android praticamente puro, a bateria generosa e a tela Amoled atraem; mas aquela “berada” inútil e feia abaixo da tela assusta, e o preço espanta.