ZTOP+ZUMO

Motorola “Moto X”: fabricado nos EUA… e no Brasil?

O mítico smartphone Moto X existe: o novo aparelho topo de linha da Motorola foi confirmado ontem por Dennis Woodside, executivo-chefe da companhia. Será o primeiro aparelho 100% produzido nos EUA – e, se dermos sorte, no Brasil também.

O Moto X, reza a lenda, é o primeiro aparelho 100% desenvolvido pela Motorola com influência do Google após a aquisição (em busca de patentes) em 2011. Já vimos mudanças de software no RAZR i e no D1/D3 e promessas de atualização para esses novos aparelhos, e quero ver se o X será um aparelho com Android puro (estilo Nexus) ou com um ou outro adicional da Motorola.

Woodside, ex-executivo do Google não mostrou o telefone: só comentou na conferência D11, do AllThingsD, nos EUA, que o Moto X existe e que ele terá design, engenharia e seu projeto será montado totalmente nos Estados Unidos, em uma planta da Flextronics em Fort Worth, no Texas.

Em uma nota no site da Motorola, existe uma explicação rápida para a montagem nos EUA:

Temos algumas razões para ter decidido por isso. Existem diversas vantagens para o negócio ao ter nossos designers e engenheiros de Illinois e da Califórnia muito mais perto da fábrica. Por exemplo, podemos mexer no design de forma mais rápida, criar uma cadeia de suprimentos mais enxuta, responder mais rápido à demanda e tendências de compra e entregar aparelhos bem mais rápido ao consumidor. E por ser parte do Google, somos encorajados a apostar em coisas que fazem diferença“.

Mas um trecho traz algo curioso para filosofar/especular:

Ainda temos uma rede de operações globais, e isso não vai mudar. Nosso parceiro de fabricação global continua a ser a Flextronics e vamos continuar a montar aparelhos localmente na China e no Brasil“.

Então, seguindo a tradição de ter aparelhos feitos por aqui em Jaguariúna (incluindo os topo de linha), o Moto X tem grande chance de ser montado no Brasil também. Vale lembrar que montar significa juntar peças que vêm de fora (=China e alguns fornecedores locais). Como é feriado hoje, resposta oficial da Motorola Brasil só na segunda-feira.

Sobre o aparelho, a Motorola não divulgou nada: apenas disse que “não está falando sobre poucas unidades. Disponível neste verão (nos EUA), cada Moto X vendido no território norte-americano será montado em Fort Worth”. Então, devemos ver a cara do Moto X em breve.

A conferir – e esperar mais um pouco até o anúncio oficial do Moto X. Enquanto isso, o Motorola RAZR D3 continua difícil de encontrar nas lojas brasileiras (o que é um bom sinal, certo?)

PS: a foto que ilustra este post é de um RAZR i. 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin