ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Moto G, 5 anos

Como o tempo passa rápido, não? O Moto G, smartphone queridinho do brasileiro, acaba de completar cinco anos. Não por acaso a Motorola, agora Lenovo, decidiu transformar a Mobile World Congress, feira que acontece esta semana em Barcelona, na Espanha, na festa de aniversário do smartphone que a levou de volta ao topo.

Quarto lugar no mundo (fora China), e segundo no Brasil, passando a LG, a Motorola/Lenovo agora quer o terceiro lugar no pódio mundial. Para isso, conta com dois reforços, o Moto G5 e Moto G5 Plus.

Com corpo de metal, os novos Moto G chegam com aquele bom e velho slogan de aparelho com recursos premium, mas que cabe no seu bolso. Além das telas, que estão um pouco menores do que na coleção anterior — 5 polegadas no Moto G5 e 5,2 polegadas no Moto G5 Plus — uma outra diferença entre os aparelhos está nos sensores. Agora os dois trazem um sensor de impressão digital no botão frontal, mas o Moto G5 Plus traz também NFC.

Em termos de especificação, os aparelhos são bastante semelhantes aos do ano passado, com algumas melhorias. O Moto G5 vem com um processador octa-core da Qualcomm, mas desta vez é um 430 de 1.4 GHz, e não um da série 600 — o que talvez explique o sumiço da versão de entrada do ano passado, o Moto G4 Play. A bateria caiu um pouco, tem 2.800 mAh, mas com o recurso de carregamento rápido em 10W. O Moto G5 será vendido nas cores cinza e dourado por 199 euros (R$ 650 na conversão simples) na versão com 2 GB de RAM e 16 GB de memória de armazenamento.

Já o Moto G5 Plus continua com a mesma série de processador, desta vez o 625 de 2.0 GHz da Qualcomm, também octa-core. A câmera frontal é a mesma do Moto G5, de 5 megapixels, mas a traseira se tornou uma de 12 megapixels com Dual Autofocus Pixels, segundo a Motorola/Lenovo 60% mais rápida do que a câmera do Moto G4 Plus na hora de fazer o foco. A bateria tem 3.000 mAh e carregamento rápido a 15 W. Vendido nas mesmas cores que o irmão mais novo, o Moto G5 Plus de 32 GB de memória e 3 GB de RAM sai por 279 euros (R$ 980 na conversão simples).

Ainda que não tenhamos os preços no Brasil, já temos a data de lançamento. Dia 7 de março a quinta geração do Moto G será apresentada (e teremos preços em reais).

Moto mods/snaps

Muito embora o Moto G seja um sucesso em todo o mundo, desta vez foi o Moto Z quem roubou a cena. Na coletiva de imprensa mais se falou de Moto Z e seus snaps do que de Moto G.

De certa forma, a Motorola/Lenovo parecia contente e orgulhosa de ter feito um celular modular de verdade e que deu certo, ao contrário dos concorrentes. Cinco novos snaps devem chegar ainda este ano, entre eles um Gamepad e novas opções de bateria. A Motorola/Lenovo aproveitou a atenção dedicada para mostrar alguns conceitos bem interessantes de módulos que podem vir a nascer e uma parceria com a Amazon e a assistente virtual Alexa e um snap dedicada. A ver.

em 2017, por motivos de força maior, o ZTOP não está oficialmente em Barcelona (o Henrique foi pra San Francisco correr atrás de um projeto maluco – está a negócios na GDC, mas deve escrever algo de lá sobre… jogos). então, a Emily foi por conta e ofereceu seus serviços. obrigado Emily!

 

  • Obrigado, Emily.
    Aguardando notícias do 3310.

  • Sandro De Jesus Soares

    Emily, sempre do lado sério e compromissado da tecnologia <3