5 minutos com o novo Moto E (4G)

5

Estava eu pensando em maldades e métodos de dominação mundial durante o almoço (oi Átila!) e, quando voltei para a Zumo-caverna encharcado do toró que caía (ainda cai enquanto escrevo) sobre São Paulo, tinha uma caixa me esperando com um novíssimo Moto E, anunciado hoje pela Motorola.

motorola moto e - 02

É uma versão atualizada do Moto E original e que ajuda a indicar uma grande tendência de mercado para o Brasil em 2014: os smartphones mais básicos passam a ter 4G de fábrica. E, corrigindo um erro grande da versão original, o novo Moto E vem com câmera frontal (ainda que com resolução VGA).

A Motorola vai vender quatro modelos distintos de Moto E no Brasil, a saber (os preços são sugeridos pela fabricante):

  • Novo Moto E 3G: R$ 569 (8 GB internos)
  • Novo Moto E 4G 8GB: R$ 649
  • Novo Moto E 4G 16GB Colors: R$ 699
  • Novo Moto E 4G 16GB Colors TV: R$ 729

O que tem dentro do novo Moto E? Um processador Qualcomm Snapdragon 410 (quad-core de 1,2 GHz), uma tela um pouquinho maior (4,5″) com a mesma resolução qHD (540 x 960, 245 pontos por polegada), 1 GB de RAM e uma nova câmera traseira com foco automático (e a mesma resolução de 5 megapixels; o modelo anterior tinha foco fixo).

O sistema operacional utilizado é o Android 5.0 “Lollipop”, que vem com botões virtuais na tela e ocupam parte do espaço.

motorola moto e - 03

motorola moto e - 05

O aparelho vem com tratamento contra respingos d’água (como os demais membros da família Moto) e o vidro frontal é Gorilla Glass 3.

motorola moto e - 04

Uma novidade bem-vinda, como disse lá no começo, é a câmera frontal. O Moto E original não tinha, e reza a lenda que lançar um smartphone popular sem câmera frontal num ano que a selfie virou moda mundial não fazia sentido, logo as vendas do modelo anterior não foram muito altas (em comparação aos milhares e milhares de Moto G vendidos, por exemplo).

motorola moto e - 09

Note que o acabamento simples do Moto E destaca as bordas arredondadas do aparelho (mais sobre isso adiante):motorola moto e - 08

Nagano comenta: É impressão minha ou essa câmera não tem iluminador/flash? Tudo bem que ela talvez não fará falta em 99% dos casos, mas que em tempos de apagão uma luzinha branca quebra um galhão como uma lanterna improvisada… Ah isso quebra!

Em cima do aparelho, o conector de fone de ouvido e antena de TV digital. E a câmera se ativa com movimento, como no Moto X/Maxx (yay!):

motorola moto e - 07

Na lateral direita, os botões de volume e liga-desliga. motorola moto e - 06

E embaixo o conector microUSB.

motorola moto e - 10

E você se pergunta: onde vão os dois chips de operadoras? Essa borda sai? Dá pra trocar? Sim!

O Moto E enviado pela Motorola veio na versão full (16 GB, TV digital e duas “bands”coloridas). Logo, o modelo preto veio com uma “band” que envolve a borda do smartphone na mesma cor, uma roxa…

IMG_20150225_163420440

E uma azul, que ajuda a destacar o aparelho na multidão. Pense nos bumpers do iPhone 5, só que integrado ao corpo do telefone.

motorola moto e - 11

motorola moto e - 12

Ao remover a “band”,  vemos as entradas para microSIM cards e para o cartão microSD de armazenamento extra – e notamos que a bateria de 2390 mAH não é removível:

motorola moto e - 13

E do outro lado uma estranha e curiosa lingueta:

motorola moto e - 15

Que, ao ser removida, mostra os dados de registro do Moto E e seus números de série/IMEI/etc.

motorola moto e - 16

Sexta-feira tô indo pro MWC em Barcelona e vou levar o Moto E de companheiro. Vamos ver como ele se comporta 🙂 O Moto E começa a ser vendido esta semana na loja online da Motorola e chega ao varejo nas próximas semanas.

[Motorola]

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos