ZTOP+ZUMO 10 anos!

Hands-on: Monitor Gamer Acer GN246HL de 24″

Modelo de entrada da Acer é feito sob medida para quem deseja ter uma tela simples e honesta, mas sem abrir mão de desempenho.

O conceito de monitor gamer é algo relativamente novo no mercado de PCs e que descreve — na sua essência — uma classe de produtos cuja principal característica está na sua taxa de atualização acima dos 60 Hz, o que faz — na teoria — com que as imagens se movam de maneira mais suave e fluida.

Sob este ponto de vista qualquer outro recurso adicional pode ser até bem vindo, mas nem sempre isso vem de graça de modo que o céu é o limite no que se refere ao quanto que você quer ou pode investir num monitor gamer.

Dai, se a proposta é de oferecer um monitor simples e honesto para uso geral ou mesmo em jogos por um preço atrativo, a Acer oferece o Monitor Gamer Acer GN246HL que seria o seu modelo de entrada da sua linha gamer (daí o “GN”) mas isso não significa que ele seja um equipamento vulgar com visual invocado — longe disso, diga-se de passagem.

Como o próprio nome sugere, trata-se de um monitor LCD-LED de 24″ com resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels). Segundo a fabricante esse painel LCD é do tipo TN (Twisted Nematic Film) e tem uma área útil de imagem de 53 x 30 cm (L x A) com relação de contraste de 100.000.000:1, Pixel Pitch de 0,276 mm e tempo de resposta de 1 ms.

Apresentado na cor preta com detalhes em dourado, o GN246HL mede aproximadamente 56,4 x 34,3 x 17,8 cm (LxAxP) e 3.8 kg de peso com sua base articulada:

Para aqueles que preferem uma montagem mais arrojada, sua base pode ser facilmente removida o que permite fixar só a tela (56,4 x 34,3 x 4,2 cm) num suporte articulado ou até mesmo na parede por meio de um adaptador VESA com espaçamento de 10 cm:

Seu nível de brilho chega a 350 nits e o tempo de resposta de 1 ms. Já a sua taxa de atualização máxima é de 144 MHz e é capaz de apresentar até 16,7 milhões de tons.

Uma curiosidade desse produto é que ele é compatível com as tecnologias 3D Vision e 3D Lightboost da NVidia:

Com relação as suas portas de entrada e saída, o GN246HL vem equipado com o que podemos chamar de essencial — ou seja — a partir da esquerda, temos a entrada de energia, saída de som, porta SVGA, DVI de dupla entrada (DVI-D Dual Link) e HDMI. Mais à direita podemos ver um slot para trava de segurança padrão Kensington.

Fora isso vale a pena ressaltar a ausência de uma porta DisplayPort, de modo que para tirar proveito da taxa de atualização de 144 Hz o usuário terá que utilizar a porta DVI compatível com a tecnologia Dual-link DVI. A boa notícia é que a Acer já fornece esse cabo junto com o monitor, assim como o um cabo SVGA (yaay!)

Dito isso, também vale a pena relembrar que — devido a sua idade —  sua interface SVGA não suporta taxas de atualização acima de 60 Hz. Já sua porta HDMI 1.4 oferece suporte para modos full HD a 120 Hz, o que também permite que ele trabalhe no modo 3D.

Um detalhe que chamou a nossa atenção foi a presença de uma porta de som o que nos fez pensar se esse monitor teria algum tipo de alto-falante embutido:

Depois de alguns testes chegamos à conclusão — depois confirmada pela Acer — de que esse modelo realmente não tem alto-falantes e que essa porta serve apenas para liberar o som vindo do cabo de vídeo — ou mais exatamente da porta HDMI — já que, como se sabe, som não trafega pelas portas SVGA e DVI.

Isso é bom, ruim? Nós particularmente gostamos de monitores com falantes embutidos porque eles são práticos para ouvir sinais de alerta do PC, além de liberar o espaço ocupado pelas caixas de som. Mas como o foco desse produto é o público gamer, acreditamos que esse detalhe seja meio que irrelevante, já que eles costumam usar fones de ouvido.

Com relação ao seu padrão de construção e ergonomia, o GN246HL padece das mesmas limitações de qualquer monitor de entrada, ou seja, uma base simples de altura fixa (~6,0 cm em relação a mesa de trabalho) com inclinação também limitada que vai para a frente em até -5° e para trás em até 15°.

A boa notícia é que apesar do acabamento em plástico, essa base possui uma estrutura interna feita de metal, o que lhe garante uma boa firmeza e estabilidade:

Também notamos que o detalhe da base é num tom de cobre. Segundo a Acer o uso do vermelho é reservado para sua linha de monitiores Predator, como o modelo XB241YU.

Outro fator que ajuda a manter esse conjunto bastante compacto é o fato da sua fonte ser externa (Lite-ON modelo PA1560-86) que é do tipo bivolt com saída de 19 volts x 3,42A (65 watts). Segundo a empresa, o consumo estimado do monitor é de 23 watts em uso normal ou 490 mW no modo stand-by.

Seu painel de controle fica no canto inferior direito da tela, onde podemos ver uma carreira de seis botões que fica praticamente escondida na borda inferior…

… com exceção do botão de liga-desliga que, quando ligado, ilumina-se num elegante tom de azul no modo normal, verde no modo 3D ou âmbar no modo de dormência/hibernação:

Devido ao bom espaçamento entre as teclas, a operação desse teclado é bem simples e direto ou seja, pressione o local logo abaixo do ícone e o ele será executado. Note que neste menu inicial existe um submenu de áudio mas que não está ativo, o que pode ser uma indicação de que a Acer trabalha com um mesmo firmware básico para diversos modelos, ativando e desativando um ou outro recurso que esteja ou não presente no respectivo modelo.

No geral, as opções de configuração do GN246HL se limitam ao essencial, ou seja, ele possui alguns modos de tela pré-programados (Pessoal, Econômico, Padrão. Gráficos e Filmes) além de contar com um auto configurador (AUTO) e um seletor de entrada (Input) de sinal (VGA, DVI, HDMI):

Já no menu de configurações é possível ter acesso as funções mais específicas desse produto, como o suporte para o modo 3D…

… ajuste da imagem na tela…

… ajuste de quanto tempo uma mensagem do monitor (OSD = “On Screen Display”)  é apresentada na tela…

… e alguns ajustes mais exotéricos como suporte para DDC/CI (Display Data Channel/Command Interface) que é um protocolo de comunicação que permite que o monitor informe para o PC quais são suas características e a máquina faça os ajustes necessários:

Já o ACM (Acer Adaptive Contrast Management) é um recurso que ajusta o contraste do monitor em tempo real, cujo objetivo é de ajustar dinamicamente o contraste da imagem que está sendo apresentado na tela.

Um recurso bem interessante para os fãs de retro games é a opção “Wide Mode” onde é possível ajustar o formato da tela de um jogo criado originalmente para telas 4:3. Um bom exemplo é o jogo Rise of Nations Gold, da Microsoft, cuja imagem fica “esticada” nas atuais telas 16:9 (no nosso caso, modo “Full”)…

… mas esse problema pode ser resolvido usando o modo 1:1 que, como o próprio nome sugere, um pixel da imagem do programa corresponde a um pixel da tela (neste caso 1.280 x 1.024 pixels):

Outra possibilidade é usar o modo “Aspect” que ajusta o tamanho da tela do jogo com as bordas do monitor, seja na altura ou na largura:

Finalmente existe uma tela de informações que apresenta o estado do sistema, ou mais exatamente o sinal de entrada e o modo de tela em uso:

No geral, ficamos bem impressionados com o GN246HL porque ele entrega o que promete, ou seja, oferecer altas taxas de atualização numa configuração relativamente simples e honesta por um preço mais acessível.

Para nós, o grande paradoxo desse modelo está no seu suporte para 3D que é uma tecnologia que já foi grande mas que anda meio que ignorada nos dias de hoje, mas já que ela já está inclusa no pacote, ruim a gente não acha né?

Seu preço sugerido é de R$ 1.999, mas já pode ser encontrado por R$ 1.399 na lojinha da empresa.

Em tempo: leitor deste ZTOP tem desconto! Basta inserir o código ZTOP para obter um desconto na compra do monitor!