ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Microsoft: Silverlight 2 Beta (também instalado)

Além do Internet Explorer 8 Beta, a Microsoft também anunciou que liberou a versão de testes do Silverlight 2, o “Flash killer” da companhia.

Do comunicado oficial:

“Microsoft Silverlight responde aos desejos do consumidor por aplicativos ricos, compatí­veis entre plataformas e com “zero-click” que atingem experiências ricas e interativas enquanto trazem a robustez e o poder do Microsoft.NET para o browser. O Silverlight 2 beta inclui novos recursos como Deep Zoom, mais de 40 novos controles e uma biblioteca .NET com funcionalidades.

Acompanhei a evolução do Flash desde suas versões quando ainda era da Macromedia, e o discurso dos “aplicativos ricos” é o mesmo desde o Flash 5, de 2001. Foi nessa época que ele ganhou capacidades como o ActionScript, virando realmente uma ferramenta de desenvolvimento para web (ou seja, o mesmo que a Microsoft propõe hoje somado í  palavra mágica “monetização” em ví­deos).

Desde então, vi sites incrí­veis em demonstrações, tudo muito ‘rico‘ para comércio eletrônico, noticiário, empresas – e que nunca chegaram ao mundo real. Aí­ veio a compra pela Adobe, o YouTube adotando ví­deo em Flash e o resto é história. Todos os ví­deos que produzo pro Zumo hoje são exportados do Adobe Premiere Elements direto em Flash Video, que é um formato bem mais leve que um MPEG-4, por exemplo.

Então, o Silverlight vai pegar? Pode ser, se conseguir manter a simplicidade de uso com as inúmeras funcionalidades que o Flash oferece.

Eu baixei e instalei o Silverlight 2: download – instala rápido – fecha o browser e abre de novo. Tá aqui, no caso de uma emergência. O site da Microsoft já tem partes em Silverlight. O que ver agora com ele? Por enquanto, não muita coisa – o Rene de Paula, da Microsoft Brasil, tem uns exemplos bacanas no blog dele. Alguém aí­ tem algum “conteúdo rico” (e relevante, por favor) pra indicar?

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin