ZTOP+ZUMO 10 anos!

Macro: Samsung Galaxy K Zoom

O Samsung Galaxy K Zoom é a mais nova tentativa de fusão entre um smartphone Android e uma câmera fotográfica com zoom óptico. Desta vez, a fabricante acertou em cheio.

Vamos lembrar o passado: a Samsung já teve a Galaxy Camera, um conceito inicial lançado em 2012 que levou Android a uma câmera, mas somente com transmissão de dados (não era telefone).

Depois veio o Galaxy S4 Zoom, que era um smartphone fraquinho (um S4 mini) adaptado a uma câmera igualmente fraca. No começo do ano, a Galaxy Camera 2, que nem chegou a ser vendida no Brasil – algo raro na estratégia de produtos da Samsung.

Mas dois anos de diferença em engenharia de produto fazem diferença, e o Galaxy K Zoom é um produto totalmente novo. O conceito de “smartphone grudado a uma câmera com zoom óptico” agora significa um produto mais fino que o S4 Zoom, com tempo de resposta rápido e melhorias muito bem-vindas no modo fotografia.

Não é – nem será – um Nokia Lumia 1020, já que são animais com conceitos muito distintos (zoom monstro no sensor x zoom óptico). E o Lumia 1020 é um modelo de 2013, sem sucessor anunciado ainda.

Samsung Galaxy K Zoom já está à venda no Brasil pelo valor sugerido de R$ 2.099.

As configurações se dividem em:

1) Câmera: 10x de zoom óptico, sensor BSI CMOS de 20,7 megapixels, estabilizador óptico de imagem e flash Xenon integrado, além de modos de autofoco/autoexposição, modo Pro Suggest (5 filtros sugeridos) e até um alarme para “selfies”.

2) Telefone: é um Android 4.4 “KitKat” rodando sobre dois processadores (1,3 GHz quad-core + 1,7 GHz dual-core), tela HD Super AMOLED de 4,8″, 2 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno e  acesso a redes Wi-Fi/Bluetooth/3G/4G. Tudo com a clássica interface TouchWiz da Samsung – já adaptada para a versão nova, presente no superfone Galaxy S5. Não rodei benchmarks nem vou me alongar no tema “smartphone” neste post.

samsung galaxy k zoom - 01

No lado direito do aparelho, estão o botão disparador da câmera (no mundo Android, algo presente em poucos modelos, mais notadamente os da Sony, como o Xperia Z2), o liga/desliga e o representante do grande bug desse aparelho, o controle de zoom (mais sobre isso adiante).

WP_20140731_14_40_56_Pro

Do outro lado, um encaixe para alça de transporte e o slot para cartão microSD.

WP_20140731_14_41_05_Pro

Em cima, a saída para fones de ouvido padrão 3,5 mm:

2014_07_31_12_15_34_ProShot

Embaixo, o conector microUSB para recarga da bateria/transferência de dados com o computador.

samsung galaxy k zoom - 05

A Samsung diz que o conjunto de lentes não fica empilhado quando a câmera está desligada, mas sim na lateral. É um belo trabalho de encaixe dos engenheiros em um espaço muito pequeno.

samsung galaxy k zoom - 07

Ao remover a tampa traseira, dá pra ver que o trabalho de esconder elementos de uma lente com 10x de zoom óptico não foi simples. samsung galaxy k zoom - 08

Removendo a bateria, temos um slot para o SIM card da operadora.

samsung galaxy k zoom - 09 samsung galaxy k zoom - 10

A questão do botão de zoom é o item complicado aqui: na maioria das câmeras digitais (e até smartphones quando usam zoom digital), a regra é aproximar do assunto fotografado com o botão mais à direita, ampliar o ângulo com o da esquerda. No Galaxy K Zoom, é o inverso: zoom com esquerdo, volta com o direito. É esquisito até se acostumar.

samsung galaxy k zoom - 12

O botão de disparo:

samsung galaxy k zoom - 13

E aqui uma cena com a lente em grande angular:

samsung galaxy k zoom - 14

E, do mesmo lugar, com o zoom de 10x no máximo. Algo que notei nas fotos ao ar livre no Galaxy K Zoom é que as imagens tendem a ficar um pouco superexpostas (ou “lavadas”, com um pouco de tom esbranquiçado).

samsung galaxy k zoom - 15

Mais amostras de fotos num álbum no Google+.

A parte câmera do Samsung Galaxy K Zoom traz inúmeros avanços em relação ao que a fabricante apresentou no Galaxy S4 Zoom. Maior controle de exposição, recursos de “selfies” automáticos, vídeos em 1080p a 60 quadros por segundo e um EXCELENTE CONTROLE DE FOCO (desculpem o grito) na maioria das situações. No total, 28 programas/filtros/modos de fotografia.

Screenshot_2014-07-31-09-59-45

O foco é muito bom mesmo, até em distâncias mínimas de macro (e sem o modo Macro estar ativado!).

matilda-zoom

Por padrão, a câmera do Galaxy K Zoom abre no modo automático. Clique em modo…

samsung galaxy k zoom - 16

E verá as inúmeras opções oferecidas:

samsung galaxy k zoom - 17

Como a Pro Suggest, com vários filtros interessantes para escolher antes de clicar:

samsung galaxy k zoom - 21 samsung galaxy k zoom - 19
samsung galaxy k zoom - 22

samsung galaxy k zoom - 23

Para mim, uma novidade muito bem-vinda é o modo Manual, inexistente no S4 Zoom.

samsung galaxy k zoom - 24

Os controles de tempo de exposição/abertura da lente/ISO ficam no topo da tela:

samsung galaxy k zoom - 26

Sua solução de controle não é tão elegante como os círculos concêntricos do Nokia Lumia 1020, mas funciona.  samsung galaxy k zoom - 27

Aqui, o Galaxy K Zoom ao lado do Samsung Galaxy S5 para uma foto de família:

samsung galaxy k zoom - 28 samsung galaxy k zoom - 29
E, por curiosidade, tirei também ao lado do Nokia Lumia 1020 e sua câmera Pureview de 41 megapixels:

samsung galaxy k zoom - 32 samsung galaxy k zoom - 33

Também tirei fotos do mesmo ângulo com os dois smartphones. Dá para perceber a diferença de cor e um pouco a mais de exposição no K Zoom e maior saturação no Lumia 1020.

Com o Samsung Galaxy K Zoom na resolução máxima:

K-zoom-gd

Em detalhe (note o reflexo da câmera no olho da Matilda):

k-zoom-pq

E com o Lumia 1020 a 38 megapixels (ambos os arquivos reduzidos aqui para caber no post):

lumia 1020-gd 1020-pq

Finalmente, o Galaxy K Zoom (à esquerda) ao lado do Samsung Galaxy S4 Zoom. Note a diferença na construção da lente e a evolução do design. O K Zoom será vendido em branco, preto e azul.

samsung galaxy k zoom - 34

E a Samsung também oferece capinhas-coloridas-de-borracha-estilo-Crocs para o Galaxy K Zoom.

samsung galaxy k zoom - 35

No geral, o Samsung Galaxy K Zoom é uma bela evolução do que a fabricante já fez em comparação aos seus modelos anteriores. Gostei muito da rapidez da câmera ao ligar, do excelente foco e do design – ainda com mais cara de câmera do que de celular.

O K Zoom não é um smartphone para todos (como o S5 e suas variantes, por exemplo), mas pode ajudar bastante quem vai sair de férias e precisa de uma câmera razoavelmente boa combinada com um smartphone Android. Profissionais que precisam de câmera e transmissão de dados (agentes de seguro, inspetores) ou simplesmente fãs de fotografia sem frescura também vão gostar do K Zoom.

[Samsung]

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • dflopes 02/08/2014, 10:37

    Excelente análise.
    Só estranhei as fotos lavadas, pois outros reviews não mostraram esse problema.
    O modelo que vocês testaram veio com a tampa pop-up da lente? Li críticas sobre ela, que aparece em fotos portrait.
    De bom no aparelho é o flash Xenon (cada bez mais raro) e o modo manual.

    Pra finalizar, sempre fui um entusiasta dos câmera-phone, sempre baseado na máxima: “a melhor câmera é aquela que você tem na mão.” (Samsung Innov8, Sony Satio e Nokia N8).

    Mas ainda não comprei por causa do preço, lembrando a coisa boa dos aparelhos Android é a baixa no preço em alguns meses.

  • Natália Azevedo de Castro 02/08/2014, 12:29

    Eu sempre quis um aparelho com essa qualidade fotográfica. Não sou profissional da imagem, mas às vezes viajo e curto tirar boas fotos de onde passo. Não é legal pra quem não tem grana sobrando, se dispor de um equipamento profissional só pra fotografar momentos, logo, acho que agregar assim é muito válido! Eu gostei muito da qualidade das imagens.