Macro: Asus Zenfone 6

M

O Zenfone 6 é o irmão maior da família de smartphones da Asus, quase idêntico em especificações ao popular Zenfone 5, com uma câmera melhor e tela muito maior.

Na verdade, as semelhanças são tantas que resolvemos separar nesse post suas três principais diferenças: a tela (e seu tamanho exagerado), a câmera e a bateria.

Para mais informações sobre desempenho, Zen UI e recursos gerais do aparelho, recomendamos a leitura do extenso hands-on do Zenfone 5, do review e do FAQ sobre o produto. O processador Intel Atom Z2560 de 1,6 GHz é o mesmo da versão “avançada” do Zenfone 5, por sinal.

O design do Zenfone 6 deixa ainda mais à mostra como a fabricante acertou nesse ponto: é um baita aparelhão bonito. Além disso, mandaram a versão em vermelho – o famoso “meudeusnãoéumcelularpretoouprata”.

asus zenfone 6 - 01

Estão lá os “círculos concêntricos” na base (apesar de ainda ter botões físicos):
asus zenfone 6 - 03

E um acabamento caprichado que ~lembra~ cerâmica. asus zenfone 6 - 04

asus zenfone 6 - 05

asus zenfone 6 - 06

asus zenfone 6 - 07

Ah sim, a câmera: com um sensor Sony e resolução de 13 megapixels, a câmera do Zenfone 6 é muito boa. Adorei os recursos de macro. Tem um álbum de fotos aqui e o post da pulseira esportiva da Netshoes foi todo fotografado com ele (porém no post as fotos foram editadas).

asus zenfone 6 - 08

Como o irmão menor, o Zenfone 6 roda Android 4.4 “KitKat”:

asus zenfone 6 - 09

…E vem com entrada para dois SIM cards de operadoras – e só 3G. Curiosamente, um panfleto na caixa diz para usar microSIM cards sem adaptadores ou cortes, para evitar problemas.

Reza a lenda que, na CES 2015, no começo de janeiro, deve sair um Zenfone 4G. A conferir.

asus zenfone 6 - 10

asus zenfone 6 - 11

asus zenfone 6 - 12

A tela HD (1280 x 720) é OK de usar. Tem ícones maiores que os do Zenfone 5 e, por conta do tamanho, menor densidade de pontos (294 pontos por polegada no Zen5, 245 no Zen6).

asus zenfone 6 - 13

Mas e aí, como ele fica na mão? É um MONSTRO de grande. Entra na categoria dos foblets, com público consumidor que precisa de um smartphone um pouco menor que um tablet. Eu (1,83 m de altura, mãos grandes) acabo com tela sobrando pra tanto telefone disponível para meu dedão…asus zenfone 6 - 14

(e nem quero falar dos gatos!)

asus zenfone 6 - 15

asus zenfone 6 - 16

Para lidar com essa questão “digital”, um recurso chamado Modo uma Mão reduz a área útil da tela para 4,3″, 4,5″ ou 4,7″, mais fáceis de usar com uma mão só.

asus zenfone 6 - 17

asus zenfone 6 - 18

asus zenfone 6 - 19(conclusão: 4,5″ pra mim é um bom tamanho de tela)
asus zenfone 6 - 22

Uma comparação de tamanho boba, mas interessante:

asus zenfone 6 - 23

Quem procura um foblet precisa de apps de produtividade. O SuperNote, presente no pacote Asus de apps pré-instalados, ajuda bastante…

Screenshot_2014-12-08-09-03-53

… para tomar notas com os dedos. Além disso, os recursos bacanas da ZenUI (como o Do It Later), também ajudam a se organizar melhor.
Screenshot_2014-12-08-09-02-58

E, finalmente, a bateria: com capacidade de 3,300 mAH, no meu uso diário (muito email sincronizado, redes sociais, fotos), o Zenfone 6 chegou ao fim do dia (12h de utilização) com 23% de carga. É OK,  e está na média dos smartphones top de linha atuais (exceção feita ao Moto Maxx, mas isso é outra história).

No fim das contas, o Asus Zenfone 6 é um smartphone Android para quem precisa de tela grande e não quer gastar muito. Pelo preço sugerido de R$ 999, é uma boa uma opção para esse consumidor específico de foblets – e ainda tem uma boa câmera.

[Asus]

asus zenfone 6 - 24

Em tempo: um mistério no design atual dos produtos Asus é o encaixe do USB mini: até onde acompanho, a Asus é a única a fornecer um encaixe “de ponta cabeça” (com a parte mais fina voltada para baixo) do conector USB. Já tinha notado isso no Nexus 7 (e quase quebrei o encaixe na primeira vez) e ele está lá… nos Zenfone também. 

Nagano pitaca: Se levarmos em consideração que ambos os Nexus 7 original e o FHD foram desenvolvidos pela ASUS, podemos identificar aí alguns traços genéticos desses tablets nos Zenfone.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos