ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

MacBook Air (2013): por que a Apple é mais rápida na entrega?

A Apple anunciou hoje seu novo MacBook Air, uma versão com hardware melhorado em comparação aos modelos anteriores e já à venda no Brasil. Mas uma questão me incomoda: por que o mesmo tipo de hardware não chega simultaneamente no mundo Windows?

O Air novo tem duas versões: uma com tela de 11″ ou 13′, ambas com opções de 128 GB ou 256 GB de armazenamento. As configurações básicas incluem processador Intel Core i5 de 1,3 GHz de quarta geração (codinome Haswell, anunciado semana passada pela Intel lá na Computex), 4 GB de RAM e vídeo Intel HD 5000, compatibilidade com o novo (e rápido) padrão 802.11ac de Wi-Fi, duas portas USB 3.0 (yay!) e uma conexão Thunderbolt. Tirando a presença tela “comum” sem toque (Mac OS X não requer isso ainda), poderia ser um ultrabook.

Opções para chip Intel Core i7 (1,7 GHz, também estão disponíveis sob encomenda. Ah sim, a Apple promete duração de bateria de 9 horas (11″) e 12 horas (13″) para “ver filmes”. A conferir (se chegar a 6 horas já é excelente).

90mm, f22

E aí fica a grande questão: por que o mundo Windows não consegue ser tão rápido? Semana passada, durante a Computex, vários fabricantes (Sony, Asus, Acer) e a própria Intel no lançamento do Haswell mostraram ao mundo suas novas versões de ultrabook já com a nova geração de processadores Core.

Tudo com lançamento previsto, lá fora, para o segundo semestre. (Exceção feita aqui aos fabricantes de placas-mãe – Asus, Gigabyte, MSI – que já têm placas compatíveis à venda lá fora e em breve no Brasil. Mas quem monta PCs hoje?)

Resposta simples e rápida: a Apple tem um sistema de logística – e de segredo industrial cada vez mais forte – integrado, rápido e eficiente. Sem isso, Tim Cook, o executivo-chefe, não teria o cargo que tem. Nada como um bom planejamento, certo? Não é a primeira vez que isso ocorre (quase que padrão nos notebooks e poucas semanas para iPhones/iPads). Fica o exemplo pro resto do mercado de tecnologia se espelhar.

Outra explicação (via @rafarigues): a Apple não tem trocentos modelos distintos de notebooks (só 4 MacBook Air, 2 MacBook Pro e 2 MacBook Pro com tela Retina), então tem equipes de engenharia mais dedicadas (a menos produtos, maior foco), o que leva a um tempo de lançamento mais rápido.

Em tempo: os novos MacBook Air têm preços sugeridos iniciais no Brasil entre R$ 4.199 (11″, 128 GB) e R$ 5.399 (13″, 256 GB), com entrega prevista entre duas e três semanas (provavelmente para dar tempo de passar pela alfândega e processos de homologação da Anatel). [Apple]

Em tempo 2: iOS 7? Lindo, mas eu quero um iPhone de tela grande. A Apple fez a lição de casa certinha: viu o que era bom em outros sistemas operacionais (como a multitarefa igualzinha à do Windows Phone) e ajustou ao máximo para um resultado incrível. Mas quero isso num foblet de 5″. Diz que sim, Tim Cook?

iPhone5-3up-Pyramid_iOS7_PRINT

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin