ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Mac OS X “Leopard” é Unix. Mas não é.

Saiu hoje a notí­cia de que o Mac OS X 10.5 (codinome Leopard), a ser lançado no fim do ano, recebeu a certificação UNIX 03 do The Open Group. Até hoje só dois outros sistemas operacionais tem esta certificação (AIX, da IBM, e Solaris, da Sun), que com certeza dá um impulso na adoção do sistema no mundo empresarial. A certificação UNIX 03 garante que há uma uniformidade em bibliotecas, chamadas de sistema, interfaces de terminal, comandos, utilitários, internacionalização e implementação do compilador C entre as plataformas, facilitando a “portagem” de código de uma para a outra.

Até aí­ tudo bem. Mas quem baixar o PDF do certificado vai notar uma coisa… o Leopard só é certificado Unix 03 na plataforma Intel. Ou seja, um XServe Intel rodando Leopard pode ser classificado como um sistema Unix 03, mas um XServe PPC com o mesmo sistema não. Será isso apenas uma questão de semântica e picuinha certificadora, ou será que há alguma diferença significativa entre as duas versões? Mistério…

  • Guilherme

    No Certification Guide eles falam que o que é certificado é um sistema operacional em uma plataforma de hardware. A certificação deve ser cara, então não é difícil imaginar que eles não tenham se importado com certificar uma versão em fim de vida.

    O que é um mistério é que quando a Apple anunciou o OS X eles o “vendiam” como um Unix, sem fazer menção à marca registrada. O Open Group reclamou, e a Apple anunciou que ia disputar o direito deles à marca na justiça, sob a alegação de que o termo virou genérico (e convenhamos, virou mesmo). Agora vem esse anúncio da certificação. O que aconteceu aqui?

  • Um grande passo para a Apple, sem dúvida.

    []’s