ZTOP+ZUMO

LG UD 3D TV: 8 milhões de pixels e contando

Nem vi o modelo que a Sony anunciou aqui na IFA 2012, em Berlim (a feira só começa amanhã, afinal), mas a LG abriu hoje o seu pavilhão/stand totalmente dedicado aos televisores, mais notadamente sua linha cada vez maior de Smart TV com óculos passivos.

Nada de smartphones, nada de ultrabooks (mentira: tem um, mas é do modelo antigo), nada de coisas pra casa. Nem precisa: o destaque hiperlativo é a LG UD 3D TV, novo modelo “a ser lançado na Europa” com resolução altíssima de 2160p.

Como assim 4K? Vendo assim, até parece uma TV normal com imagens muito, mas muito bonitas. Muito bonitas, eu disse. É um trambolho (no bom sentido) de 84 polegadas, grande o suficiente para não caber na salinha do seu apartamento de 60 metros quadrados.

Mas a tecnologia utilizada consegue gerar imagens QUATRO vezes mais nítidas (ou 3840 x 2160 pixels) que uma TV Full HD (1920 x 1080 pontos) atual. A LG chama isso de UD, ou “Ultra Definition”. Na prática, é a resolução de pixels de quatro telas de 42″ 1080p em uma tela de 84″, que fica com 2160p – ou 8 milhões de pixels (haja pontinho na tela).

O modelo, claro, vem com recursos Cinema 3D, com óculos passivos, e conectividade/aplicativos da plataforma Smart TV da LG.

O som é estéreo 2.2 integrado (dois alto-falantes e dois woofers). Todas as conexões ficam do lado direito da tela, atrás do painel de LED.

E, mesmo com a luz do estande, dá para capturar belas imagens. É detalhe e mais detalhe e mais detalhe – mas só imagens de demonstração da LG estavam passando nas telas (na sequência, abaixo, estão telas completas e pequenos recortes de imagem).

A LG diz que a TV virá com um recurso de upscale de imagem (Resolution Upscaler Plus) para permitir que “imagens de fontes externas, como discos rígidos e conteúdo gerado pelo consumidor sejam renderizados em grande detalhe”. É um modo educado de dizer “olha, não existe conteúdo para ver nesse tipo de televisor ainda, então use o seu próprio que a gente dá um jeito“.

A LG não informou preço ou data de lançamento da TV UD.

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin