ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Números enormes: TVs LG OLED 2017

Soa repetitivo chamar TVs novas, grandes, com tela 4K, de “números enormes”. Mas no caso das novas telas OLED da LG, anunciadas ontem, ainda precisamos dessa classificação. São dois novos modelos e a fabricante deu uma prévia da sua TV ultrafina (sem previsão de lançamento por aqui).

A linha 2017 de OLED da LG segue a mesma tendência de 2016 com apenas dois modelos rodando Web OS 3.5 (o mais recente) e focando no conceito de “nosso contraste é sensacional” (e é, aqui chamado de “infinito”) e “a cor preta é mais preta” (agora, com um novo truque tecnológico que cria tons em preto simplesmente desligando os pixels do monitor).

O primeiro modelo é o E7 (OLED65E7P), com HDR Ativo, Dolby Vision, som Dolby Atmos e vem com uma soundbar integrada à tela para uma melhor experiência sonora. A TV de 65 polegadas tem preço sugerido de R$ 29.999.

O segundo modelo é o B7 (OLED55B7P), uma tela de 55 polegadas com os mesmos recursos: HDR Ativo com Dolby Vision, som Dolby Atmos e um design “Blade Slim” (mas não tem soundbar integrada). Sai pelo preço sugerido de R$ 10.999 – um pouco mais em conta que o modelo de 2016.

Finalmente, a fabricante demonstrou o lindo, fino e incrível modelo LG Signature OLED TV W, que não tem previsão de vendas no Brasil.

É um painel de apenas 2,57 mm (no modelo de 65″) que pode ser pendurado diretamente na parede (sem um espaço entre TV e cimento) – e criando, na visão dos coreanos, “uma janela para o mundo”. Lá fora, essas TVs da série W começam a ser vendidas com um preço inicial de US$ 7.999 (65″) a US$ 19.999 (75″).

[LG]

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin