ZTOP+ZUMO

LG e uma visão do futuro das telas na CES 2016

Qual será sua próxima tela? Um smartphone curvo? Uma TV ultrafina? Ou uma com resolução 8K? O pessoal da LG mostrou sua visão sobre telas (e TVs) para um futuro próximo.

Ao fazer o “tour secreto” (e não no grande estande da companhia coreana) em uma sala de reuniões do Las Vegas Convention Center na última sexta-feira (tks Fernanda!) deu para entender que:

  1. OLED é a tecnologia que a LG tem como principal aposta para hoje (mas sem deixar os populares painéis LED/LCD de lado)
  2. 4K é onipresente e em dois ou três anos não teremos mais TVs Full HD disponíveis no mercado
  3. 8K é tendência, mas ainda experimental
  4. Painéis ficam cada vez mais finos
  5. E cada vez mais adaptáveis a novas superfícies.

(clique nas imagens para ampliar)

Sobre a aposta em OLED, uma comparação estrutural responde às questões da sua importância. Um painel OLED é praticamente uma película que gera imagens + vidro, sem o backlight:

LG TVS 2016 - - 1

Enquanto um painel LCD/LED precisa de uma estrutura um tanto maior para fabricação:

LG TVS 2016 - - 2

Vendo juntos:LG TVS 2016 - - 3

Outra questão importante é contraste e ajuste de preto/cinza no OLED (melhor, à esquerda) que no LCD/LED (à direita):

LG TVS 2016 - - 4 LG TVS 2016 - extra - 1

Uma pequena tendência em TVs notada entre os grandes fabricantes na CES 2016 – LG, Samsung, Sony, Panasonic – foi a presença de modelos 4K/UHD com maior ajuste dinâmico (HDR) em imagens: mais um motivo para (pequenas) melhorias na imagem final.

LG TVS 2016 - - 5 LG TVS 2016 - - 6

Mas OLED abre outras possibilidades, como telas muito finas. Essa aqui – ainda um protótipo – tem tela de 55″ Full HD com somente 2,9 mm de espessura. Vista de frente, não impressiona muito…LG TVS 2016 - - 7

Nagano comenta: Esse nariz que se meteu na foto (literalmente falando) não é do Ethevaldo Siqueira?

…Mas de lado, é outra coisa

LG TVS 2016 - - 8 LG TVS 2016 - - 9

Ao lado de um iPhone 6S Plus para efeito de comparação: LG TVS 2016 - - 10

Outra possibilidade muito interessante para aplicação de OLED é a criação de TVs com telas… nos dois lados (!), capaz de mostrar imagens distintas em cada display. Segundo a LG, um modelo comercial dessa TV dupla será lançado ainda este ano – para aplicações comerciais, em resumo.

LG TVS 2016 - - 11 LG TVS 2016 - - 12

Ainda nos protótipos de uso comercial, TVs com tela côncava…

LG TVS 2016 - - 13…e convexa:
LG TVS 2016 - - 14 LG TVS 2016 - - 15

ou mesmo painéis curvos côncavos-e-convexos (diz que o aeroporto de Seul tem uma dessas):

LG TVS 2016 - - 16

Outra tendência – também vista na Samsung em toda CES e IFA nos últimos dois anos, pelo menos, e já em geladeiras de cerveja e refrigerante nos EUA – é a TV com tela transparente, para uso em vitrines e… refrigeradores 🙂 LG TVS 2016 - - 17 LG TVS 2016 - - 18

Mudando o foco de volta para o mundo LED, TVs com bordas mínimas também são tendência:LG TVS 2016 - - 19 LG TVS 2016 - - 20 LG TVS 2016 - - 21

Assim como modos de economia de energia presentes nos próximos modelos da LG. Aqui, TVs com a tecnologias M+ de economia de energia são comparadas com um LCD convencional (no meio). O indicador abaixo de cada tela indica o consumo.LG TVS 2016 - - 22

Telas 8K continuam a ser lindas – e a LG já tem um modelo à venda nos EUA – e extremamente cheias de detalhes:LG TVS 2016 - - 23 LG TVS 2016 - - 24

Para finalizar a parte de produtos diferentes, um painel de 86″ para uso em lojas. LG TVS 2016 - - 25

Mas o principal destaque da LG nessa sua visão de futuro é o P-OLED, ou OLED plástico, que permite usar telas adaptáveis a superfícies. Já vimos isso nos smartphones LG G Flex e G Flex 2 da fabricante coreana. Aqui, a ideia foi mostrar uma “tela enrolável” de 18″ com apenas 0,18 mm de espessura, resolução 810 x 1200 pixels, taxa de contraste de 100.000:1, e 300 nits de luminosidade.

A demonstração foi feita com um modelo ligado – com uma fonte de energia bem escondida, por sinal…
LG TVS 2016 - - 26

LG TVS 2016 - - 27 LG TVS 2016 - - 28 LG TVS 2016 - - 29 LG TVS 2016 - - 30 LG TVS 2016 - - 31… e uma desligada, para mostrar como a coisa é “dobrável” mesmo. Parece um pedaço de papel alumínio plastificado. Dobrável – e impressionante a flexibilidade do material, sem deixar vincos ou marcas que poderiam estragar sua superfície.
LG TVS 2016 - - 32 LG TVS 2016 - - 33 LG TVS 2016 - - 34 LG TVS 2016 - - 35

Curioso é ver a LG demonstrando sua tela dobrável com exemplos de “jornal digital” ou “prancheta digital dobrável” (o que não faz muito sentido, diga-se de passagem). 
LG TVS 2016 - - 39
Sendo que uma das respostas para o uso desse tipo de tela é bastante óbvia (e estava ao lado): painéis de carro com superfícies curvas.
LG TVS 2016 - - 40

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Alexandre Gorges 13/01/2016, 18:36

    Me diz uma coisa, a tv é super fina e onde fica as conexões, entrada para energia? é uma caixa a parte?

  • Adriano De Lima 14/01/2016, 16:26

    Agora são os conectores que precisam evoluir.

  • dflopes 23/01/2016, 10:10

    Lembro da promessa das telas flexíveis desde os tempos de PalmOs.
    Aguardando na fila por soluções comerciais em dispositivos portáteis – um tablet ou smartphone que a tela não quebra quando cai.