Uma volta na primeira loja da LG no Brasil

U

A LG inaugurou ontem (17 de maio) sua primeira LG Shop. Trata-se de um espaço onde o consumidor pode ter contato com os produtos mais novos da empresa — incluindo alguns que até nem chegaram ao mercado.

A cerimônia de abertura teve até corte de faixa e contou com as presenças de Adelino Colombo (fundador das Lojas Colombo) e Chris Yin (presidente da LG Brasil).

Com aproximadamente 150 metros quadrados, a nova LG Shop fica no terceiro piso do Shopping Bourbon Wallig, localizado na cidade de Porto Alegre — RS.

O visual segue padrões internacionais da empresa em tons de branco que contrastam fortemente com o vermelho do logo da LG e o preto de alguns produtos. De fato até o sistema de iluminação do teto é fabricado pela própria LG e veio direto da Coréia.

Como é comum nesses espaços, ele é dividido em diversos setores de acordo com a linha de produto e/ou tema como televisores:

Notebooks:

Linha Branca:

Áudio e vídeo:

Monitores:

Celulares:

E é claro, um espaço para suporte e serviços.

Fora isso, a LG Shop também conta com diversas demos onde o usuário pode conhecer produtos exclusivos e até  experimentar as diversas tecnologias criadas pela empresa.

De fato, esse espaço dispõe de algumas demos exclusivas e até bem raras como o Pentouch TV:

… ou uso da TV Cinema 3D para games, mas não para mostrar as cenas em 3D e sim para enviar uma imagem de tela diferente para cada jogador (ou mais exatamente dois), permitindo assim que eles possam ter a sua visão do jogo em tela cheia (uia!) ao invés de quebrada no meio. Já tínhamos visto isso no ano passado numa TV da Philips (por sinal, parceira tecnológica da LG). Recentemente sua feroz concorrente coreana apresentou um conceito semelhante, só que para apresentar dois programas de TV ao mesmo tempo.

Segundo Alessandro Altman (embaixo com o microfone), uma das vantagens de um espaço deste tipo é que a LG pode desenvolver diversas ações de marketing sem se preocupar com as regras/limites que às vezes existem nas lojas multimarcas como um coquetel, treinamentos e até uma mini-competição de games.

Mas até ai nada que nenhum concorrente coreano ou japonês já não tenha feito por aqui certo?  Errado! Já que uma das grandes sacadas dessa loja é que ao contrário de outros espaços de experiência onde o consumidor visita, se encanta com um produto mas pode sair meio frustrado já que não pode comprá-lo e já sair com ele nas costas…

… a LG Shop vai permitir que o consumidor compre o produto na sua loja, proporcionando assim uma experiência completa de consumo.

Mas para isso, as LG Shops funcionam mais ou menos como uma franquia do Maconalds: A apresentação, layout, suporte e treinamento dos funcionários é da LG mas a parte ligada a logística de vendas é operada por diferentes parceiros — neste caso as Lojas Colombo uma tradicional rede varejista da região sul do País o que explica em parte porque a primeira LG Shop foi aberta em Porto Alegre.

Segundo Altman como se trata da primeira loja da LG no Brasil, ela é de um certo modo um grande experimento que irá gerar diversas experiências valiosas que serão bastante úteis na hora de formatar e operar as outras lojas no Brasil. Assim, nessa primeira etapa, o ideal é desenvolver esse trabalho em um ambiente relativamente controlado, de modo que a parceira com as Lojas Colombo caísse com uma luva na estratégia da empresa.

E como fica o posicionamento da LG em relação aos seus outros parceiros de negócio? A empresa deixa claro que não é intenção da sua loja de competir com as outras. De fato, uma das estratégias adotadas será a de apresentar apenas parte da sua linha de produtos e, na sua maioria, itens diferenciados e premium, colocando assim a experiência acima da venda propriamente dita. Isso em parte também explica a falta inicial de interesse da LG em replicar esse modelo em lojas de rua.

Fora isso, as futuras lojas da marca — pelo menos dez nos próximos três anos — poderão ser operadas tanto pela Colombo quanto por outros parceiros comerciais. É tudo uma questão de negociação e que pode levar até a existência de mais de uma loja numa mesma região / localidade.

E quando chegará a primeira loja em São Paulo? Altman respondeu que por enquanto sem previsão, já que a LG deseja consolidar e entender bem essa nova operação antes de cair de cabeça nestas regiões onde a concorrência  é altíssima. O mesmo pode ser dito de uma versão on-line da mesma.

Disclaimer: Mario Nagano viajou para Porto Alegre a convite da LG. Mas todas as opiniões (e fotos) são dele.

 

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos