Lenovo (re)lança a marca LNV no Brasil

L

Sem fazer muito barulho, a Lenovo Brasil colocou para vender no seu site uma nova linha de notebooks com a marca LNV (= LeNoVo?)  série L40, voltado para o segmento de entrada e varejo, com modelos mais simples na faixa dos mil reais!

Lenovo_LNV_anuncio

No site, a Lenovo oferece três modelos: o LNV L40-30 (preço sugerido: R$ 1.089) equipado com processador Intel Celeron N2815 de 1,86~2,13 GHz e 1MB de Cache, 2 GB de SDRAM PC3-12800 DDR3, tela LCD-LED de 14″ (1.366 x 768 pixels):

Lenovo_LNV_lado

Ele também vem equipado com disco rígido de 500 GB, gravador de DVD, Wi-Fi 802.11 b/g/n, porta de rede Gigabit Ethernet, webcam HD, touchpad, uma porta USB 3.0, duas USB 2.0 e saída de vídeo HDMI .

 

Lenovo_LNV_lados

 

O portátil mede (fechado) 34,3 x 2,4 x 25,0 cm, pesa 1,7 kg (com sua bateria de 3 células com tecnologia de íons de lítio) e já vem com o Windows 8.1 de 64 bits.

Lenovo_LNV_teclado1

Fora isso, a Lenovo também vende uma versão do L40-30 com 4 GB de memória RAM (preço sugerido: R$ 1.169) e o L40-70, uma versão mais premium que também com 4 GB de RAM porém equipado com um processador Intel Core i3  4005U “Haswell” de 1,7 GHz (uia!)

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O que chama a atenção desses modelos é o fato desse processador Celeron N2815 não ser baseado na microarquitetura Core e sim no Bay Trail, um SoC (= System on a Chip) dual core baseado no Atom “Silvermont” de 22 nm anunciado no IDF do ano passado, e que incorpora recursos bem interessantes como suporte para 64 bits (algo muito desejado pelo mundo corporativo), modo turbo e o mais impressionante: o uso de uma aceleradora gráfica Intel de sétima geração, por sinal do mesmo tipo usado nos Core Ix de 3a geração “Ivy Bridge”.

De fato, o pessoal de Santa Clara ficou tão entusiasmado com o desempenho desse chip que decidiu pela primeira vez comercializá-lo com os nomes Atom, Celeron e Pentium:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sob esse ponto de vista, acreditamos que o desempenho do LNV L40-30 seja muito próximo de um tablet Intel com Windows 8 e deva ser igualmente eficiente em termos de consumo de energia. E para quem acha que lançar um note de 14″ com Atom é novidade, isso já ocorreu no passado, ou mais exatamente no fim de 2010.

Como já dissemos, ele já pode ser encontrado no site da Lenovo ou na sua rede de revendas autorizadas. E com esses preços iniciais na faixa de R$ 1.090~1.170, imagino que eles poderão ser encontrados por menos de R$ 1.000 em alguma oferta relâmpago até o fim do ano.

Ainda em tempo:

É interessante notar que a marca LNV não é novidade por aqui. Pelo que pudemos levantar na rede, a Lenovo já lançou outros equipamentos com essa marca, como o modelo L1125 (embaixo)…

Lenovo_LNV_L1125

… aparentemente inspirado no CCE Ultrathin U25 equipado com um processador Intel Celeron 847 de 1,1 GHz um chip Core ULV baseado no Sandy Bridge:

Lenovo_LNV_CCE_U25a

 

 

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos