Lab notes: a tela NOVA do LG Optimus Black exposta ao Sol

L

No divertido e disputado mercado de smartphones, cada fabricante cita um recurso diferente para provar que seu aparelho é melhor que os outros em algum aspecto. No caso do LG Optimus Black, o ponto de defesa é o brilho de tela: a fabricante diz que, com o modo máximo de brilho, a tela emite 700 nits em média, contra 310 da maioria dos concorrentes.

Na prática, isso quer dizer que o Optimus Black tem melhor visibilidade em locais iluminados, como a rua em um dia de sol – algo que realmente faz a diferença. Então, que tal colocar o aparelho – e alguns dos seus concorrentes – na mesma situação?

Primeiro, o Optimus Black em seus quatro modos de brilho de tela em condições similares (sol direto):

1) Automático:


2) Baixo


3) Médio


4) Alto:


E na comparação com dois concorrentes sob a luz direta do sol, no modo câmera (que é algo que o Samsung Galaxy S II e o iPhone 3GS também têm). Todos aqui estão com o modo máximo de brilho da tela.

Optimus Black:


Samsung Galaxy S II:

iPhone 3GS:

Não satisfeito com os resultados, botei os três aparelhos depois (e um Sony Ericsson Xperia Arc de um amigo) com brilho máximo em três situações similares, com o navegador aberto em um local escuro para comparar o brilho da tela, lado a lado.

Da esquerda para direita estão: iPhone 3GS, LG Optimus Black, Sony Ericsson Xperia Arc e Samsung Galaxy SII):


A percepção clara é que o brilho do iPhone 3Gs, Optimus Black e Xperia Arc é bem similar, com o iPhone puxando a tela para tons mais azulados, o Arc para o amarelo e o Optimus Black para uma percepção mais natural da cor.

E dá para notar também que o calcanhar de aquiles do incrível Galaxy S II é o brilho da tela.  o navegador reajusta SOZINHO o brilho da tela, independente do ajuste do aparelho – o que levou ao baixo desempenho. A tela é mais brilhante (mais no vindouro review do smartphone).


No fim das contas, um pouco de brilho a mais ajuda a ler a tela enquanto você está na rua sob o sol. A tecnologia NOVA da LG é promissora e, quem sabe, um dia estará presente em todos os smartphones.

Bônus track: o ponto G do Optimus Black. É um bom recurso para impressionar amigos na mesa de bar!

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos