ZTOP+ZUMO 10 anos!

Gadget do dia: Relógio despertador inteligente Link Time LT10 da King Jim

Dispositivo se conecta com sua rede local/internet e alerta sobre compromissos por meio de interface de voz.

Da série “a Internet das coisas vai pegar você (ou pelo menos não vai esquecer dos seus compromissos)” o relógio despertador Link Time LT10 da King Jim é um bom exemplo de como a tecnologia de IoT está entrando em nossos lares por meio de “metáforas” — ou mais exatamente, objetos do dia a dia que já estamos habituados a conviver — que começam a integrar funções inteligentes, facilitando assim a nossa aceitação e uso.

Tecnicamente falando, o LT10 é um pequeno relógio despertador conectado cujos alarmes podem ser programados a qualquer hora e em qualquer local por meio de um sofisticado app de smartphone (disponível para iOS e Android) ou serviço na web

… sendo que seus alertas podem ser mostrados na forma de diversos tipos de sons, ícones na tela e até luzes coloridas emitidas da sua base:

Fora isso, ele também conta com uma interface de voz o que permite que o relógio literalmente fale com seu dono, registrando mensagens de voz e informe sobre recados, compromissos do Google Calendar e até boletins do tempo. O curioso é que ele também pode ser usado como uma espécie de sistema de troca de mensagens de voz (entre o relógio e o app) e, caso o alarme seja desativado, o usuário pode ser informado desse ocorrido, funcionando assim como uma espécie de sistema de vigilância para quem estiver fora da casa.

E caso o usuário não queira ser incomodando com tantos alertas vindos de fora, existe uma chave que transforma esse dispositivo num relógio despertador vulgar:

O relógio mede 10,7 x 10,7 x 4,5 cm (LxAxP) pesa 250 gramas e vem equipado com uma interface Wi-Fi 802.11 b/g/n de 2,4 GHz e é alimentado por meio de um adaptador de tomada. A previsão é que ele chegue no mercado japonês nessa sexta (26/10) pelo preço sugerido de 13.200 ienes (~R$ 433) + impostos.

A King Jim também já anunciou que pretende compatibilizar seu Link Time com os sistemas Alexa do Amazon e o Google Assistant de modo que, num futuro próximo, seja possível usar  um Echo Dot ou Google Home para programar/gerenciar o LT10, tornando assim o produto ainda mais inteligente e versátil.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.