iPhone chega pela Claro ao Brasil. Será?

i

O pessoal da Claro acabou de enviar o seguinte comunicado, curto e básico:

“MÉXICO, DISTRITO FEDERAL, MÉXICO, 7 de maio de 2008 – A América Móvil anunciou hoje que firmou acordo com a Apple para trazer o iPhone para suas operações na América Latina este ano.”

Vamos por partes:

1) a Claro é controlada pela América Móvil. OK.

2) América Latina nem sempre significa “Brasil” no vocabulário corporativo de empresas que lidam com a região.

3) A grande questão não respondida ainda é: vai ser exclusivo? Ao que tudo indica, não. O contrato anunciado ontem da Apple com a Vodafone não inclui exclusividade nos 10 paí­ses que vai atuar, e isso pode valer para o contrato da América Móvil na região. (A Itália terá iPhones da Vodafone e da Telecom Italia, por exemplo)

4) Já ouvi rumores de TIM e Vivo, além da própria Claro com o iPhone no Brasil. A conclusão óbvia é que, se o contrato realmente não for de exclusividade (fora o jailbreak do iPhone pra qualquer operadora), as outras ainda estão no páreo. Aguardo que a Claro/América Móvil esclareça isso em breve.

5) Finalmente, tem o lance do 3G. Com a Claro alardeando que foi a “primeira” em 3G, de que adianta trazer ao Brasil um iPhone ainda com Edge? Aguardemos o iPhone 3G, então…

6) E a questão do desbloqueio requisitada pela Anatel?

7) E o preço? Vai ter subsí­dio da operadora?

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos