iPhone 4S: não, obrigado (mas tudo é caro mesmo!)

i

O iPhone 4S chegou, com todo frenesi de um novo espertofone da Apple (e acredito que a loucura está cada vez pior). E por um preço sugerido inicial de R$ 2.599 (16 GB), desbloqueado. Caro? Sem dúvida. Mas vale pensar que tem um monte de outras coisas caras para viver no Brasil.

Só que é fácil reclamar do preço em um país com imóveis de dois quartos em São Paulo custando quase R$ 1 milhão, ou carros básicos que saem pelados de fábrica por mais de R$ 50 mil. Ou mesmo pelo preço da Ferrari (não sei quanto custa, tá caro mesmo e é elitista demais).

Se tem gente capaz de pagar um apartamento parcelado a perder de vista por tudo isso de dinheiro, encher as ruas das cidades com os malditos SUVs, que ocupam espaço e fazem trânsito (sim, você, nesse trambolho, é um gerador de trânsito por ocupar mais espaço), tem gente capaz de comprar um iPhone 4S por preços entre R$ 2.599 e R$ 3.399.

O nível do debate aqui é outro, e cabe ao consumidor (ei, não temos 19 novos milionários por dia?) saber em que vale a pena gastar seu dinheiro — e, bem, estamos na época de décimo-terceiro salário e o arrependimento, se bater, virá em janeiro.

Lembro bem de quando comprei meu primeiro iMac G3 (aquele semi-transparente e colorido) lá em 1998, quando a Apple não era hype (não tinha iPhone ainda, afinal, nem iPad, e Jobs tinha acabado de voltar). No Brasil, Apple tinha um escritório mais que discreto.

Durante a Fenasoft (já na beira da extinção), fizeram uma promoção e venderam iMacs a preço de banana para a época, abaixo dos R$ 2.000. Era caro? Sim, mas eu precisava de uma máquina nova (ainda tinha como herança um PC 486 mais que lerdo), o dinheiro guardado dava para comprar e levei o bicho para casa, junto com a primeira impressora USB (um modelo da Epson) e um tosco SuperDrive para ler disquetes. Depois desse iMac tive mais dois, depois o iBook e hoje o MacBook Pro/Air.

Só sei que pagar mais em um telefone que em um computador é um pouco demais pra minha cabeça. Vale mais a pena passar um final de semana em Miami e voltar com um iPhone 4S por 649 dólares…

 Nagano comenta: É né? E com a grana do 4s de 32 GB dá pra comprar uma Panasonic Viera Plasma 3D Full HD de 42″ lá no lojinha da empresa.

Tudo bem que a Viera não cabe no bolso e a tela não é touchscreen, mas não tem coisa melhor para assistir filme, seriado e até o jogo do Santos — inclusive com toda família reunida.

Tenta fazer isso com um tablet  🙂

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos