ZTOP+ZUMO

Qual a cara do desenvolvedor iOS no Brasil?

Eles são jovens adultos do sexo masculino, moram na região sul-sudeste, não gostam de chefe e sonham um dia em ter seu próprio negócio.

Esse perfil foi levantado pela Quaddro,  especializada em treinamento e desenvolvimento de aplicativos para iOS, que compilou uma pesquisa com 150 profissionais dessa área e demonstra que o universo dos profissionais ligados ao desenvolvimento de aplicativos ainda é modesto, mas cresce de forma gradativa.

mobile_developer_1a

Por exemplo, menos da metade dos entrevistados declarou que cria apps faz menos de um ano e o maior interesse é na criação de apps para empresas das áreas de rádio e TV, bancos, imóveis, esporte, viagens e saúde. E quando perguntados sobre valor cobrado, a resposta de 40% foi que cobram até R$ 10 mil por app.

Outra constatação é que esse profissional é um empreendedor nato, já que ser desenvolvedor permite trabalhar de onde quiser, a hora que quiser, sem ter um chefe dando ordens.

mobile_developer_2a

 

Mais informações no site da empresa.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.