ZTOP+ZUMO 10 anos!

Intel fala sobre o Celeron Dual-Core no Brasil

celeron_dual_logo_small.jpgAcabei de conversar com Ricardo Torres, engenheiro de aplicação da Intel Brasil, que revelou mais detalhes sobre as estratégias do lançamento do chip Celeron Dual-Core no País.

Segundo ele, a Intel realmente não fez um anúncio oficial do produto para a imprensa — e talvez nem o faça. O chip simplesmente entrou em lista na semana passada — perto do dia 20 de janeiro — e alguns integradores locais já estão avaliando o chip em seus laboratórios. A oferta incial se limita ao modelo E1200 de 1,6 GHz, cujo preço sugerido é bem próximo do atual Celeron 440 single core de 1,86 GHz.

Com seus 512 KB de cache L2, o Celeron E1200 não deve ameaçar o nicho de mercado ocupado hoje ocupado pelos Pentium Dual-Core com 1 MB de L2 — ligeriamente mais caro e performático — e a opção preferida por aqueles interessados num computador de entrada com chip dual-core.

Isso levanta uma interessante questão mercadológica e até mesmo filosófica. Já que o Celeron nunca foi uma marca muito prestigiada no mercado, sendo até sinônimo de processador de entrada e, conseqüentemente, de desempenho modesto, quem se interessaria por um Celeron Dual-Core? Não seria melhor partir para um Pentium Dual-Core?

Torres acredita que o nicho do E1200 não esteja necessariamente no varejo, mas sim no segmento de governo e licitações públicas, onde os órgãos públicos começam a especificar suas necessidades de computação devido ao desempenho de benchmarks, como o número de pontos obtidos com o Sysmark 2004, da BAPCO.

Assim, dependendo do caso, seria possível atender aos requisitos de desempenho do governo com um E1200 — principalmente em multiprocessamento — em vez de um Pentium Dual-Core, por um preço bem mais competitivo.

Mas o engenheiro da Intel deixa claro que, rodando a 1,6 GHz, o E1200 pode não ser melhor que o Celeron 440 (de 1,86 GHz) em aplicações que não tirem proveito de multiprocessamento. Assim, os integradores precisam avaliar a melhor solução que atenda às suas necessidades e optar por um ou por outro, já que, nesse caso, ambos os chips estão na mesma faixa de preço.

Com relação ao futuro, Torres acredita que a tendendência natural é que mais chips dual-core de entrada cheguem ao mercado e que eles convivam juntos com os single-core nas listas de preço enquanto houver demanda do mercado. Não existem planos de simplesmente encerrar a produção de single-cores.

Como já disse Stephen Smith, vice-presidente e diretor do grupo de operações da Intel: em termos de valor, não existe nada mais em conta que um chip single-core.

E a versão do Celeron Dual-Core para portáteis? Segundo o engenheiro, ainda não existe nada de oficial sobre isso (assim foi com o Celeron E1200 até ele aparecer do nada). Quem sabe um dia, né? ;^)

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Resta saber qual vai ser a resposta da AMD, agora…

  • angelico

    Há alguns anos atrás eu estava em dúvida sobre a compra de um notebook: Celeron M ou Pentium M? Encontrei na época um artigo esclarecedor:
    http://www.tomsguide.com/us/does-everything-have-to-be-a-centrino,review-240.html
    Decidi então comprar um Celeron M. Segundo os testes, o desempenho dele era muito parecido com um Pentium M de mesmo clock e no entanto muito mais barato. A diferença mesmo estava na ausência de “Enhanced Speedstep” e no tamanho cache L2.
    Até a Asus escolheu usar Celeron M no eeePC. Acho que o preconceito acabou…Que sejam bem-vindos os Celeron Dual-Core…

  • Bom, pelo menos ao contrário do pessoal de Santa Clara, o pessoal da AMD nunca negou a possibilidade de lançar um Sempron X2.

  • Pingback:   Review: Dell Studio Hybrid by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

  • jose tadeu da silva

    oi estou a fim de compra um computador com o processador celeron dualcore mas o mesmo e realmente bom de velocidade ou nao , ou e mas um produto lançado

  • vanny

    Bom uma vez comprei um celeron 430 !!
    E afirmo ke ele é um bom processador equivalente a um pentium 4 1mb L c
    aho keo preconceito contra os celerons deve cair com o tempo!!
    e esse dual core é bom !!! so acho keo L caché é muito pouco se tivecem feito com 1mb ai sim era pra detonar!!!consegui rodar jogos bem pesados com esse celeron 430 !! pra uso domestico é perfeito!!!

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Clarkdale tambem nos PCs de entrada()