Intel: essa é a cara do próximo UMPC?

I

Protótipo da Lenovo

A Intel adora brincar com protótipos. Seja no Intel Developer Forum ou mesmo na CES, sempre aparece um brinquedinho – ainda que nunca chegue oficialmente ao mercado- para mexer com a cabeça dos fãs de gadgets. A empresa de Santa Clara apresenta, na CES, 16 novos processadores – entre eles, os primeiros chips Penryn para notebooks produzidos no processo de 45 nanômetros (12 são para desktops e notebooks e 4, para servidores).

O produto acima, ainda um protótipo da Lenovo, é uma demonstração de que é possí­vel miniaturizar cada vez mais os componentes, criando dispositivos pequenos e de alta performance para acesso í  internet – segundo a Intel, os processadores são 25% menores que seus antecessores. Na onda da tecnologia verde, a Intel também aproveita para anunciar que seus produtos começam a sair de fábrica ainda este ano livres de halogênio (além de virem sem chumbo, que já é o padrão atual).

Depois do clique, mais fotos de protótipos de dispositivos móveis para acesso í  internet.

Rigues diz: Serão estes os primeiros produzidos baseados nos novos processadores A100 e A110 dos quais ouvimos falar no Editor´s Day em agosto?

Protótipo da Aigo

Protótipo da Clarion

Protótipo da Toshiba

Protótipo da LG

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

+novos