ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Intel contra ataca em dose quádrupla

A Intel não ficou parada ante o recente lançamento da mais nova plataforma para computação de alto-desempenho da AMD, que atende pelo nome oficial de Quad FX e também é conhecida pelo apelido 4×4 ou “QuadFather”. Na verdade, a empresa apresentou ao mercado norte-americano sua resposta duas semanas antes. E que resposta! Os processadores Intel quad-core baseados na arquitetura Intel Core 2 (a mesma dos Core 2 Duo) tem tudo para levar adiante a reputação de alto desempenho e baixo custo de seus irmãos menores.

Verdade seja dita, a solução quad-core da AMD consiste apenas em combinar dois processadores dual-core (como um Athlon 64 X2 FX-70) em uma única placa-mãe, como era feito em sistemas SMP antigamente. A solução da Intel consiste em dois processadores Core 2 Duo montados em uma única pastilha, o que resulta em um total de quatro núcleos por chip.

Um processador Intel Xeon 5300 quad-core

Intel Xeon 5300 quad-core

A nova linha de produtos é composta por quatro modelos na famí­lia Xeon e um modelo desktop, o Core 2 Extreme QX76700. Tanto o Xeon 5300 (top de linha da famí­lia) e o QX6700 tem 8 MB de cache interno (4 MB para cada processador dual core no chip) e rodam a 2.6 GHz, com barramento de sistema (FSB) operando a 1.33 GHz. Considerando que você está levando quatro núcleos para casa, os preços não são tão altos assim: US$ 1.100 pelo Xeon 5300 e US$ 999 pelo QX6700. Aliás, é o mesmo preço do Core 2 6800 dual-core atual.

A plataforma usada pelo processadores é a mesma dos Core 2 Duo, o que significa que na maioria dos casos você pode simplesmente trocar o processador dual-core por um quad-core sem problemas. Na pior das hipóteses, pode ser necessária uma atualização na BIOS da placa-mãe. O consumo de energia aumenta, claro, mas não tanto assim. Um Core 2 Extreme 6800 consome cerca de 80W, um Core 2 Extreme QX6700 consome 120 W.

Placa-mãe com suporte a dois processadores quad-core

Placa-mãe da SuperMicro: dois quad-core e até 32 GB de RAM

Aliás, o consumo de energia é o principal destaque da nova linha de produtos. Uma recente análise da PC Magazine norte-americana constatou que a plataforma 4×4 da AMD consome estonteantes 600W a toda força. Em uma demonstração para a imprensa especializada aqui no Brasil, a Intel mostrou uma máquina dual-quad core (ou seja, oito núcleos) a todo vapor consumindo apenas 209W, menos da metade.

Além de gerar menos calor, a economia com a conta de luz é significativa, especialmente ao levar em conta uma sala de servidores com várias destas máquinas rodando ininterruptamente 365 dias por ano. A Intel promete para o segundo trimestre de 2007 uma série de baixa voltagem dos novos processadores, que irá consumir apenas 50W.

Esperamos ter em breve em nosso PC Labs uma máquina equipada com o novo processador para submetermos aos nossos tradicionais e extensos testes. Fiquem ligados!

Próximo post:

Post anterior: