ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Intel Atom: 1 ano, agora com 2 GHz

mb_atom_atomTudo bem, a foto acima é de um modelo de 1,6 GHz. Mas a Intel anunciou hoje no IDF Pequim que, nas comemorações de 1 ano do processador voltado a netbooks e dispositivos de acesso à internet, o Atom atinge a marca de 2 GHz de clock.

São dois novos processadores Atom na família, o Z550, de 2 GHz com suporte a hyperthreading e consumo de menos de 3 watts, e o Z515, voltado a dispositivos portáteis (mais que netbooks) que roda a 1,2 GHz e vem com a tecnologia Burst Performance Technology (BPT).

Entretanto, como é um IDF, a Intel não falou apenas dos novos modelos de Atom. Ela demonstrou, durante o keynote de Anand Chandrasekher, vice-presidente sênior da companhia e diretor geral do grupo de ultramobilidade, a próxima plataforma de MIDs (dispositivos de internet móvel) com Atom, com codinome “Moorestown”. Em uma comparação com a plataforma atual, a Moorestow tem mais de 10x de redução de consumo de energia  em baixa prioridade. Isso ocorre, diz a Intel, por conta de uma nova técnica para gerenciamento de energia, o processo de fabricação em Hi-K 45 nm e uma nova partição otimizada para o segmento MID.

Moorestown deve sair em 2010. Para completar a sopa de letrinhas, essa plataforma fará parte de um sistema-em-um-chip (codinome “Lincroft”) que integra um processador Atom de 45 nm, controladores de vídeo, gráficos e memória e um hub de I/O (codinome “Langwell”). Tudo isso acompanhado por um novo software Moblin (o Linux da Intel) que, diz a companhia “permitirá experiência rica e interativa similar à do PC para internet com capacidade de uso de voz no celular“.

Ah, sim, mais um fato curioso do IDF Shanghai. O keynote de Chandrasekher, segundo o próprio comunicado oficial da Intel, citou notebooks com plataforma Centrino 2, mas deu a entender aos fabricantes de hardware que os processadores de baixo consumo de energia ajudam a criar “projetos ultrafinos com menos de 2,5 cm de espessura”. Novos concorrentes do MacBook Air a caminho?

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Walter Mercado

    Talvez a Intel passe a ampliar a distribuição da CPU usada no Air/Envy/Adamo…

    Nenhuma novidade do Larrabee por enquanto…
    Por sinal, o hype que a Intel tinha montado pra ele diminui bastante.

    E quanto ao Atom… Pelo que vi, o desempenho geral vai ficar interessante de verdade quando lançarem algo como o 350 (para desktops, dual-core com 2000GHz, seguindo a nomenclatura dos modelos anteriores).