Intel apresenta plataforma “genérica” para PCs tudo-em-um

I

(Pós) IDF 2010 — A Intel apresentou no seu showcase a proposta de um novo padrão de formato “genérico” para PCs all-in-one, o que pode baixar o custo desse equipamento para o consumidor final.

Até hoje, a maioria desses equipamentos evoluiram a partir de notebooks, ou seja, eles utilizam placas e componentes de desenho próprio causando assim um impacto direto no custo final do produto, o que de um certo modo vai contra a proposta dos all-in-one de ser um PC de uso geral, simples e acessível.

Nesse caso, a iniciativa da Intel é de propor um padrão de formato que tire o máximo proveito de componentes de prateleira e o desenvolvimento de um novo tipo de placa-mãe mini-ITX de perfil ainda mais baixo que os modelos atuais porém sem perder a sua retrocompatibilidade com o atual padrão ATX.

Isso fica claro na imagem abaixo onde podemos ver uma placa mini-ITX padrão (à esquerda) ao lado com o novo mini-ITX “fino” (à direita) cujas portas de comunicação não ficam mais empilhadas e sim dispostas numa única carreira de componentes (seta em laranja). Note que a placa é alimentada por um bloco transformador externo do mesmo tipo usado nos notebooks.

Outra sacada interessante é a criação de uma abertura lateral que permite que os conectores traseiros da placa-mãe se comuniquem diretamente com o mundo exterior (como nos gabinetes ATX) ao contrário dos all-in-ones atuais que precisam de um painel adicional para reproduzir essa função, economizando assim em mais um componente:

E graças ao menor consumo de energia proporcionado pelo Sandy Bridge também será possível o uso de coolers ainda mais baixos que os atuais modelos que equipam os Core i3/i5, dispensando assim sistemas de dissipação de calor de desenho mais complexo e consequentemente mais caros.

A previsão é que esse padrão de formato comece a aparecer no mercado a partir do ano que vem.

Zumo in a Box

Bem ao lado desse all-in-one genérico, topamos com a engenhoca abaixo: Aparentemente um PC compacto de algum tipo equipado com um cooler nada convencional:

Ficamos intrigados com esse produto e passamos um bom tempo tentando entender o que era aquilo e até corremos atrás do engenheiro responsável para que pudéssemos ter mais detalhes do mesmo. E quando finalmente encontramos o cara, ele nos disse que esse PC não passa de um desktop convencional equipado com uma das novas placas mini-ITX que estavam sendo mostradas na bancada.

E quando perguntamos sobre a função daquele cooler cheio de nove-hora ele nos respondeu:

Ah, aquilo também não tem nada de especial… só fizemos um buraco no gabinete para que ele ficasse pra fora da caixa. Ficou legal né?

Arrã… muuuito legal — e tem gente que ainda coloca modelos com roupa colada para chamar a atenção do público. 😛

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos