ZTOP+ZUMO 10 anos!

IBM traz seus voluntarios corporativos ao Brasil

ibm_corp_service

Pela primeira vez a IBM Brasil recebe no país um grupo de funcionários da empresa que participam do projeto Corporate Service Corps. Mais de uma dezena de funcionários de diversas partes do mundo fazem parte do chamado Team Brazil, que está por aqui para realizar trabalho voluntário em ONGs do terceiro setor com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento socioeconômico de países emergentes com o uso da tecnologia da informação, além de capacitar líderes globais.

Lançado no ano passado, o  Corporate Services Corps foi lançado no ano passado e na sua primeira edição, mais de funcionários de 33 países viajaram para diferentes partes do mundo, entre eles dois brasileiros que passaram um tempo na Romênia e Tanzânia, além de uma terceira que se prepara para ir a Gana em maio.

Segundo Ruth Harada, diretora de cidadania corporativa da IBM Brasil e líder do projeto no País, desde o início mais de 5 mil funcionários já se inscreveram para esse projeto. Sua meta é  habilitar 600 participantes ao longo de três anos. Os escolhidos passam por um período preparatório de três meses voltados para entender os costumes e cultura locais, sua  realidade política e socioeconômica e a finalidade dos projetos. Depois passam um mês no país escolhido para conhecer de perto as instituições seguido de dois meses de contatos e, no final, os funcionários compartilham suas experiências em seus locais de origem e com a companhia como um todo.

Segundo a empresa, as instituições locais que receberão os voluntários da IBM são as seguintes:

  • Associação Cidade Escola Aprendiz: desenvolver estratégias para relações internacionais e gerência de dados e informações.
  • Cidade do Conhecimento: produzir um relatório sobre o estado da arte em design, gestão e desenvolvimento de redes sociais.
  • Comitê de Democratização da Informática: promover uma estratégia de acesso remoto nas Escolas de Tecnologia e Cidadania (EICs) do CDI, permitindo manutenção preventiva, corretiva e acompanhamento remoto para a Sustentabilidade Técnica dos projetos.
  • Estação Ciência: produzir ferramentas de comunicação e criar espaço na Web para interação com assuntos de ciência e tecnologia, em um ambiente de laboratório virtual.
  • Instituto Sou da Paz: desenhar melhorias na política de RH e desenvolver um eficiente sistema de relacionamento com os diversos públicos.
  • Integrare: elaborar programa de treinamento para empresas de pequeno e médio porte dispostas a se tornar fornecedores de grandes empresas. Contam também com o apoio dos alunos da graduação em relações internacionais da ESPM, que desenvolverão estudo sobre este projeto.

As atividades do Team Brazil podem ser acompanhadas aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.