ZTOP+ZUMO

Números enormes: HP Deskjet Ink Advantage Ultra 4729

A HP lançou ontem uma nova linha de impressoras/multifuncionais jato de tinta para uso doméstico/pequenos escritórios com grande capacidade por cartucho: o modelo HP Deskjet Ink Advantage Ultra 4729 consegue cuspir 1.500 páginas em preto e branco.

O milagre da multiplicação de páginas se dá pela alta capacidade do cartucho de impressão de “ultrarendimento”. Como cada cartucho tem uma cabeça de impressão integrada, a HP vende a ideia como “a cada troca de cartucho,  um sistema novo de impressão”, e o modelo foi criado com o mercado brasileiro em mente – e será vendido somente no Brasil e alguns mercados de América Latina e Ásia.

Segundo a fabricante, a Ultra 4729 vem com um kit de três cartuchos PB e mais três coloridos, permitindo imprimir até 4.500 páginas em preto e branco – ou quase 10 resmas de papel, como mostra a foto abaixo – ou 2.250 páginas coloridas (750 por cartucho). Pelo preço sugerido de varejo de R$ 999, o custo por página PB impressa fica na média dos R$ 0,02.

hp deskjet ultra 4729 - 1

Nas configurações técnicas, a Ultra 4729  é uma multifuncional básica: imprime, copia, escaneia e se conecta a dispositivos por USB (e vem um cabo na caixa) e Wi-Fi.

hp deskjet ultra 4729 - 2

A HP também tem um modelo sem Wi-Fi (HP DeskJet Ink Advantage Ultra 2529, com preço sugerido de R$ 899). O cartucho avulso preto (família 46) tem preço sugerido de R$ 39,90.

hp deskjet ultra 4729 - 3 [HP]

Nagano comenta: Deixa me ver, uma multifuncional  de 999 Dilmas com cartucho de altíssima autonomia, que tem vantagem de “a cada troca de cartucho, um sistema novo de impressão” e ainda vem com um kit de três cartuchos PB e mais três coloridos… Puxa vida, onde foi que eu já vi isso?

L200_starter_kit1

Ok, brincadeiras à parte, está muito na cara que o Ultra 4729 é a mais nova jogada da HP para bater de frente com as impressoras de com tanque de tinta da Epson, cujo lançamento inicial foi reservado à algumas geografias (onde o problema de uso suprimentos “alternativos” era mais acentuado) e que, devido ao seu sucesso, até se tornou uma estratégia global que recebeu o nome de EcoTank.

De fato, já faz algum tempo que a HP trabalha nessa idéia na forma da estratégia DeskJet Advantage que, na sua essência, modifica um modelo de negócios popularmente conhecido como “freebie marketing”  ou “o mito do barbeador e das lâminas de barbear” onde um item é vendido por um preço baixo (ou até mesmo distribuído de graça) com o objetivo de criar uma ampla base de consumo para um produto/serviço complementar.

Até onde sei, a HP adota duas estratégias desse tipo: O HP InstantInk onde o usuário adquire uma impressora participante desse programa, assina um contrato de consumo (pagamento fixo e mensal, com opções para usuários domésticos e comerciais) e a HP envia cartuchos novos com até 50% de desconto à medida que eles forem consumidos — e ainda recolhe os vazios para reciclagem!

Já no DeskJet Ink Advantage a empresa vende o equipamento um pouco mais caro e os cartuchos bem mais em conta. A idéia neste caso é que a empresa lucre um pouco mais com a hardware da impressora e um pouco menos com suprimentos, o que pode ser uma proposição interessante para aqueles consumidores que imprimem mais do que a média dos usuários domésticos (que em muitos casos imprimem de vez em nunca) porém menos que o mínimo que justifique a aquisição de uma impressora de maior porte, como a OfficeJet Pro X.

Eu particularmente elogio a HP por essa iniciativa, já que isso mostra todo o esforço da empresa em se ajustar às peculiaridades e também à concorrência do nosso mercado, com produtos mais atraentes em termos de custo x benefício, o que é algo importantíssimo nesses tempos bicudos em que estamos vivendo.

A propósito, falando em jato de tinta,  eu me lembro de uma apresentação de Thon Brown evangelista da HP especializado em jato de tinta (ou como ele mesmo se define, um “Inkologist”) que falou sobre as novas tecnlogias de tinta da HP, em especial a usada na OfficeJet Pro, pois ela apresentou novos desafios para a empresa, em especial no que se refere ao seu comportamento…

Thom_brown

…  já que ela não podia “escorrer” da sua nova cabeça de impressão fixa:

OfficeJet_print_head

A solução encontrada foi uma formulação de tinta que incorpora uma nova tecnologia batizada de nano-layer que forma uma camada protetora sobre o nível da tinta, cujo funcionamento foi mostrado para nós em cores e ao vivo numa visita que fizemos ao laboratório de pesquisa da legendária planta da HP de Corvallis no Oregon, local onde também nasceram as calculadoras clássicas e os primeiros notebooks da empresa:

Numa conversa posterior, eu perguntei para Brown se ele achava que essas novas tecnologias poderiam evitar (ou pelo menos retardar) o surgimento de tintas “alternativas” ou mesmo de cartuchos falsificados/recarregados para OfficeJet Pro. Sua resposta foi que sua empresa investiu milhões de dólares para desenvolver esses novos suprimentos, de modo que ele acredita que um fabricante alternativo não teria condições de reproduzir/garantir essas mesmas características com as atuais tintas do mercado.

Fora isso, ele também observou que mesmo que alguém invista outros milhões de dólares para chegar nesses mesmos resultados, sua nova tinta está protegida por diversas patentes industriais (e um exército de advogados) de modo que se alguém se aventurar a lançar um cartucho alternativo para a OfficeJet, com certeza vai levar um baita de um processo na cabeça!

É… Faz sentido. 🙂

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Leonardo Carneiro 08/10/2015, 10:14

    Se funcionar bem, parece um produto justo. Principalmente se der pra pegar em uma promoção pagando 900-

  • Vagner Ligeiro Abreu 08/10/2015, 11:32

    Em resumo – é o concorrente da série “EcoTank” da Epson. Com a diferença que se troca o tanque inteiro quando acaba a tinta… Hum…

    • Mario Nagano 08/10/2015, 12:52

      O tanque inteiro e a cabeça de impressão.

      • dflopes 20/10/2015, 17:41

        perdi uma impressora EPSON por imprimir de vez em nunca…
        E não tinha para substituir.
        Comprei uma HP antiga com um cartucho gigante (50mL) e nunca mais tive problema – só com meu filho que resolveu aprender a andar se segurando na bandeja retrátil de papel e levando ela como brinde!!!

  • Gabriella Egydio 23/03/2016, 22:44

    Boa noite, estou fazendo uma pesquisa sobre impressoras? Vcs podem me ajudar respondendo esses questionários?
    Muito Obrigada

    http://www.questionpro.com/a/TakeSurvey?id=4504261
    https://docs.google.com/forms/d/1zUrj5egTvZqf8WgCQrpgqbaZMSO98RdlRmY-h46VBbg/viewform